Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

CAMPO GRANDE

Prefeito sanciona lei que capacita jovens acolhidos

Adolescentes terão prioridade e cota de vagas em cursos

16 ABR 19 - 09h:49RAFAEL RIBEIRO

O prefeito de Campo Grande, Marcos Trad (PSD), sancionou nesta terça-feira (16) a lei que cria programa de prevenção ao abandono do adolescente que se encontre acolhido por entidades que desenvolvam programa de acolhimento institucional, como orfanatos ou mesmo a Unidade Educacional de Internação. O objetivo é garantir a capacitação técnica desses jovens.

Segundo o texto, os beneficiados serão os adolescente entre 14 e 18 anos, ou jovem acima dessa idade beneficiado com o que determina o Estatuto da Criança e Adolescente.

O programa, segundo o Executivo municipal, tem como objetivo garantir ao adolescente a sua qualificação técnica e a sua colocação no mercado de trabalho.

Com isso,s egundo determina a nova lei, fica garantida a preferência da sua matrícula em escolas Técnicas e cursos profissionalizantes do município.

O adolescente beneficiário da lei terá, também, preferência na contratação na qualidade de aprendiz e outros programas de profissionalização do jovem criados pela Prefeitura.

As escolas técnicas, cursos profissionalizantes e programas de profissionalização do jovem, pertencentes à gestão municipal deverão destinar 2% das suas vagas para os adolescentes indicados pela nova lei.

Ainda de acordo com o texto de Trad, a Prefeitura poderá firmar convênios com entidades públicas e privadas para a implantação e execução do presente programa.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Segunda etapa da campanha de vacinação começa nesta segunda
GRIPE

Segunda etapa da campanha de vacinação começa segunda

Feriado sem mortes, mas 1,6 mil são autuados por excesso de velocidade
RODOVIAS FEDERAIS

Mais de 1,6 mil são autuados por excesso de velocidade

Pacientes esperam até 6 horas por atendimento em CRS da Coophavilla
SAÚDE

Pacientes esperam até 6 horas por atendimento em CRS

Frente fria passa pelo Estado e temperaturas caem nesta segunda
TEMPO

Frente fria passa pelo Estado e temperaturas devem cair

Mais Lidas