Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

VEJA VÍDEO

Prefeito discute com comerciantes na Bandeirantes

Evento lançava obras em importante via do Centro

16 ABR 19 - 10h:59TAINÁ JARA

Dois comerciantes bateram boca com o prefeito Marcos Trad (PSD) na manhã desta terça-feira (16), no primeiro dia de obras para implantação de corredor de ônibus na Avenida Bandeirantes, região central de Campo Grande. Eles reclamam da supressão de pelo menos 70% das vagas de estacionamento na via. “É um uma obra necessária para a cidade”, afirmou o prefeito após a discussão.

A drenagem e recapeamento executados na Avenida Bandeirantes compõem o projeto do Corredor Sudoeste que abrange ainda a Rua Guia Lopes e Rua Brilhante, que ainda não foram finalizadas. O investimento no novo trecho é de R$ 8.121.306,90 do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) - Mobilidade com contrapartida do administração municipal.

Em vistoria às obras, o prefeito foi confrontado por dois comerciantes com críticas ao projeto. Um deles chegou a dizer que a via não precisa de corredor de ônibus e que o projeto deveria ser executado na Avenida Ernesto Geisel. Conforme a Agência Municipal de Transporte e Trânsito (Agetran) circulam na avenida 32 mil usuários do transporte coletivo diariamente, além da grande frota de veículos.

Conforme o prefeito, a obra é necessária para cidade e o recapeamento é um pedido antigo dos próprios comerciantes. “Se fosse só para jogar uma lama asfáltica e ir embora, daria. Mas isso é coisa mal feita e coisa mal feita eu não vou fazer, mesmo que as pessoas não entendam e deixem de votar em mim, como aquele cara falou”.

Foram cerca de 10 minutos de bate boca até o prefeito prometer uma nova reunião com os comerciantes. Conforme Marcos Trad, o projeto foi debatido pelos representantes de estabelecimentos comerciais na Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) e cerca de 30 pessoas compareceram.

A execução das obras da Avenida Bandeirantes começou no trecho entre a Avenida Afonso Pena e a Rua 26 de Agosto. Conforme o secretário municipal de Infraestrutura e Serviço Público (Sisep), Rudi Fioresi, serão duas frentes de trabalho. “Aqui começamos uma drenagem e nos próximos dias inicia uma outra frente de drenagem, mais próximo lá do Trevo Imbirussu”. Ele, assim como prefeito, garante a entrega da obra dentro do prazo de um ano previsto no contrato com Engepar Engenharia.  

BRILHANTE

As novas obras do Corredor Sudoeste começaram sem a conclusão da etapa da Rua Brilhante, Rua Guia Lopes e Marechal Deodoro. O titular da Sisep afirmou que os militares, responsáveis pela execução do projeto, começaram a implantar o pavimento rígido para trânsito dos coletivos. “Espero que até o final do ano a gente conclua com as estações de embarque e sinalização”, afirmou.

Esta primeira etapa, executada a partir de convênio com o Exército, corresponde a menos 30% do total do projeto previsto para ser executado ao longo de 12 quilômetros ao custo de R$ 23,5 milhões, provenientes do governo Federal e da prefeitura. O convênio foi assinado em agosto de 2016.

 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Ações voltadas à saúde indígena resultaram em 16,7 mil procedimentos
ALDEIAS

Ações voltadas à saúde indígena resultaram em 16,7 mil procedimentos

Fiéis começam a preparação <br>para Páscoa nesta quinta-feira
IGREJA CATÓLICA

Fiéis começam a preparação para Páscoa nesta quinta

Suspeito de matar professor a facada tem prisão preventiva decretada
AUDIÊNCIA DE CUSTÓDIA

Suspeito de matar professor tem preventiva decretada

Festival do Peixe completa 12ª edição neste fim de semana
FEIRA CENTRAL

Festival do Peixe completa 12ª edição neste fim de semana

Mais Lidas