Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

CAMPO GRANDE

Por R$ 601 mil, Prefeitura lança edital para decorar cidade no natal

Valor previsto é acima do anunciado em licitação do ano passado
14/08/2019 11:02 - RAFAEL RIBEIRO


A Prefeitura de Campo Grande abriu nesta quarta-feira (14) edital para contratar empresa com a finalidade de decorar as principais ruas e avenidas da cidade para o Natal. O valor previsto é de R$ 601 mil, acima dos R$ 578,5 mil previstos pelo Poder Municipal para o ano passado.

Outra novidade em relação a 2018 é o tempo. No ano passado, a gestão Marcos Trad (PSD) lançou o edital com essa finalidade já em novembro, às vésperas da comemoração.

Nos detalhes publicados pela Prefeitura no Diário Oficial do município, o pregão se dará por meio eletrônico e as proprostas serão abertas às 9h do próximo dia 28. O objetivo é o fornecimento de material para a implantação da iluminação especial.

A finalidade da Prefeitura com o gasto é a de "assegurar o direito ao lazer, conforme previsto na Constituição Federal de 1988", com o "fito de proporcionar à população momentos de ludicidade e recreação."

Assim como ano passado, novamente todas as regiões da cidades serão contempladas com a iluminação especial. 

Está prevista a iluminação especial nas rotatórias: das avenidas Mato Grosso e Nelly Martins; Eduardo Elias Zahran com a Joaquim Murtinho; Duque de Caixas com a Amaro Castro Lima; Mato Grosso com Hiroshima e Guaicurus com a Rua Lagoa da Prata.

Nestes locais, de acordo com o documento, serão enfeites em postes, assim como nos entrocamentos das avenidas Euler de Azevedo e Presidente Vargas e Capital com a Coronel Antonino.

Os canteiros em frente à Rodoviária de Campo Grande; avenida Ministro João Arinos, Senador Filinto Muler; Lúdio Martins Coelho, também foram listados para receber efeites nos postes e nas árvores. O mesmo deve ocorrer nas avenidas Afonso Pena e na Mato Grosso, em toda sua extensão. Lagoa Itatiaia, praça do distrito de Rochedinho, Esplanada Ferroviária.

O documento detalha que tudo ficará a cargo da empresa que ganhar a licitação e for contratada. As luzes natalinas terão de ser ligadas em 1º de dezembro e desligadas em 15 de janeiro de 2020.

Felpuda


Político experiente tem repetido que não é o momento de falar em eleições. O momento é de tensão, de incertezas políticas e econômicas – como se o País fosse uma ilha de preocupações cercada pelo coronavírus por todos os lados. Em Mato Grosso do Sul, onde já se registrou morte pela doença e o número de casos só tende a subir, não poderia ser diferente. “É suicídio político para quem ousar falar em eleição neste momento”, conclui. Só!