Campo Grande - MS, terça, 21 de agosto de 2018

internado

Marido se irrita em festa e agride
esposa com martelo e socos

Filho da vítima conseguiu render suspeito

24 SET 2017Por RODOLFO CÉSAR10h:28

Uma discussão iniciada porque a esposa queria ir embora de uma festa, enquanto o marido deseja permanecer resultou na agressão de três de pessoas na madrugada de hoje. A Polícia Militar conseguiu prender o marido, de 30 anos.

O bate-boca entre o casal começou por volta das 3h em Ponta Porã, quando a mulher, de 33 anos, disse para o marido que iria embora da festa. Ela seguiu a pé e o homem a perseguiu de carro. Depois de alcançá-la, a pegou pelos cabelos e a arrastou pela rua, além de agredi-la com socos no rosto e ameaçá-la de morte. O suspeito tinha ingerido muita bebida alcoólica durante a noite de sábado (23).

A mulher conseguiu escapar e ao chegar em casa, deitou-se para descansar. O marido, novamente muito violento, quebrou uma porta com um martelo. "Cadê você, sua v.....", gritava o suspeito, conforme relato da vítima à polícia.

A mulher foi atingida na cabeça por um golpe de martelo, mas o filho dela, de 16 anos, conseguiu segurar o suspeito para não haver mais agressões. O adolescente pegou o objeto que era usado como arma e atingiu o marido da vítma na cabeça. A Polícia Civil não confirmou se o homem era o pai dele ou padrasto.

Com a mulher e o homem muito feridos, a Polícia Militar chegou no local e auxiliou para controlar a violência. Vizinhos que ouviram os gritos de socorro pediram ajuda.

O suspeito foi levado para o Hospital Regional e permanece internado com escolta policial. A vítima teve lesão no olho esquerdo, braço direito, na lombar, na perna e na coxa esquerda. Mesmo muito abalada, ela prestou depoimento na Polícia Civil e relatou o caso.

O delegado Lucas Soares de Caires, da 1ª Delegacia de Ponta Porã, registrou ocorrência como lesão corporal dolosa (violência doméstica). A mulher solicitou medida protetiva.

Leia Também