Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, quarta, 21 de novembro de 2018

FRONTEIRA

Atirador cumprimenta vítima de 53 anos com "boa noite" e a executa a tiro

Este foi o segundo homicídio ocorrido em Ponta Porã em dois dias

6 AGO 2015Por LAURA HOLSBACK06h:57

Alfredo Coinete Lopes, 53 anos, foi executado a tiro por volta das 21h de ontem (5), na frente da esposa, na porta do mercado onde era dono, na Rua Toledo, Vila Ministro Salgado Filho, em Ponta Porã, fronteira com o Paraguai. Antes de cometer o crime, o assassino cumprimentou a vítima desejando boa noite. 

Este foi o segundo assassinato ocorrido na região nesta semana. Na segunda-feira (3), Joaquim Ferreira foi morto também a tiros quando parou em um Cross Fox, em semáforo da Avenida Brasil. 

Neste último caso, a esposa de Alfredo contou que ela e o marido estavam sentados em frente ao estabelecimento no momento em que dois motociclistas se aproximaram. O passageiro desceu, foi na direção da vítima e depois de cumprimentá-la com um boa noite a executou com um disparo.

A testemunha disse, ainda, que o atirador não retirou o capacete, por isso não há suspeita de quem possa ter cometido o crime.

No local foi apreendida porção de maconha e certa quantia em dinheiro. A arma usada teria sido uma escopeta. 

Segundo o site da região, Ponta Porã Digital, Alfredo tinha passagem por estupro e estaria envolvido com venda de droga, por isso a polícia não descarta como motivo acerto de contas. 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também