Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

JARDIM AEROPORTO

Policial é agredido com chutes ao atender ocorrência por som alto

Autores teriam se negado a desligar aparelho sonoro
08/08/2019 15:31 - FÁBIO ORUÊ


Policial Militar foi agredido com chutes e teve o braço arranhado por duas mulheres, de 33 e 34 anos, na madrugada de hoje (8), no Jardim Aeroporto, em Campo Grande. A equipe da Polícia Militar (PM) foi até o local após uma denúncia por som alto, por volta de 1h. 

Conforme informações do boletim de ocorrência, ao chegarem na casa, os policiais informaram sobre a denúncia de perturbação de tranquilidade para o dono da casa, de 39 anos, mas o mesmo disse que nenhum dos vizinhos reclamariam do som alto. 

Então, a PM solicitou que o aparelho fosse desligado e avisou que se a viatura tivesse que voltar ao local pelo mesmo motivo, todos os envolvidos iriam ser detidos, mas a equipe teve o pedido negado, além de ser ameaçada.  

Os militares deram voz de prisão ao homem por desobediência, momento em que as duas mulheres e mais um jovem de 27 anos também começaram a ameaçar os policiais. A mulher de 34 passou a chutar a autoridade policial, tendo que ser chamado o reforço de viaturas. 

Com a chegada do reforço, a mulher de 33 anos ficou no portão da casa dizendo que ninguém iria entrar e no momento em que um policial tentou entrar, foi arranhado pela mesma. Todos os envolvidos foram encaminhados para a Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) do Centro.

 

Felpuda


Nos bastidores poderosos, comentários são de que dois pretensos pré-candidatos estão deixando em polvorosa quem tinha quase certeza de que tudo estava em total “céu de brigadeiro”. Assim, enquanto ambos se movimentam aqui e acolá, o lado de lá está pensando no que fazer para evitar futuro confronto. Vale ressaltar que a dupla tem experiência que só no campo de guerra das eleições – e o desempenho não ficou a desejar.