Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

JARDIM AEROPORTO

Policial é agredido com chutes ao atender ocorrência por som alto

Autores teriam se negado a desligar aparelho sonoro

8 AGO 19 - 15h:31FÁBIO ORUÊ

Policial Militar foi agredido com chutes e teve o braço arranhado por duas mulheres, de 33 e 34 anos, na madrugada de hoje (8), no Jardim Aeroporto, em Campo Grande. A equipe da Polícia Militar (PM) foi até o local após uma denúncia por som alto, por volta de 1h. 

Conforme informações do boletim de ocorrência, ao chegarem na casa, os policiais informaram sobre a denúncia de perturbação de tranquilidade para o dono da casa, de 39 anos, mas o mesmo disse que nenhum dos vizinhos reclamariam do som alto. 

Então, a PM solicitou que o aparelho fosse desligado e avisou que se a viatura tivesse que voltar ao local pelo mesmo motivo, todos os envolvidos iriam ser detidos, mas a equipe teve o pedido negado, além de ser ameaçada.  

Os militares deram voz de prisão ao homem por desobediência, momento em que as duas mulheres e mais um jovem de 27 anos também começaram a ameaçar os policiais. A mulher de 34 passou a chutar a autoridade policial, tendo que ser chamado o reforço de viaturas. 

Com a chegada do reforço, a mulher de 33 anos ficou no portão da casa dizendo que ninguém iria entrar e no momento em que um policial tentou entrar, foi arranhado pela mesma. Todos os envolvidos foram encaminhados para a Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) do Centro.

 

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Prefeitura não comparece, mas Consório e sindicato fecham propostas
REAJUSTE DOS MOTORISTAS

Prefeitura não comparece, mas Consório e sindicato fecham propostas

Viajantes podem enviar cartão de Natal grátis para qualquer lugar do Brasil
CAMPO GRANDE

Viajantes podem enviar cartão de Natal grátis para qualquer lugar do Brasil

Em fazendas, trabalhadores são resgatados em condições de escravidão
INTERIOR

Em fazendas, trabalhadores são resgatados em condições de escravidão

Alimentação na Cidade do Natal custará de R$ 3 a R$ 30
CONFIRA O CARDÁPIO

Alimentação na Cidade do Natal custará de R$ 3 a R$ 30

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião