CAMPO GRANDE

Polícia recupera carro roubado, mas assaltantes conseguem fugir

Televisões, celulares e outros objetos foram apreendidos pelo GOI
08/09/2017 09:18 - BRUNA AQUINO E RENAN NUCCI


 

Policiais do Grupo de Operações e Investigações (GOI) da Polícia Civil recuperaram veículo roubado nessa madrugada, por volta das 2 h, no Bairro Tiradentes em Campo Grande. Carro foi encontrado na residência dos assaltantes, mas dupla conseguiu fugir e ainda não foi encontrada. 

Segundo informações policiais, por volta das 22 h de ontem (8), casal chegava na residência no Bairro Vilas Boas, em um veículo Siena prata, quando foram abordados por dois homens armados, que roubaram o veículo com todos os objetos dentro.

Após registro policial, iniciaram-se as investigações para encontrar o Siena e os bandidos. 

Investigadores chegaram até residência no Bairro Tiradentes e encontraram o veículo estacionado. Na casa estavam várias pessoas que não tinham relação com o roubo, mas a dupla tinha fugido.

Na residência foram recuperados, uma televisão de 46 e outra de 50 polegadas, três celulares, além de outros objetos furtados.

Na casa havia também fotos de dois homens. As imagens foram levadas até as vítimas, que reconheceram como os criminosos que roubaram o Siena.

O veículo e os objetos roubados foram entregues à Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) no Bairro Piratininga.


 


 


 

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".