NO INTERIOR

Polícia Ambiental prende contrabandista com agrotóxicos adquiridos no Paraguai

Acusado pagará agora até multa pelo crime
10/04/2019 12:16 - RAFAEL RIBEIRO


 

Policiais Militares Ambientais de Naviraí realizavam fiscalização na rodovia MS-180 e abordaram na terça-feira (9) à noite um veículo Ford Ranger, conduzido por um homem de 24 anos, residente em Mundo Novo. Na vistoria no interior do veículo foram encontrados agrotóxicos contrabandeados.

O infrator, residente em Mundo Novo, informou ter adquirido o agrotóxico na cidade de Salto Del Guairá (PY) e levaria para Naviraí. Foram aprendidos o veículo e 15 Kg de Agrotóxicos de origem estrangeira, sem registro nos órgãos competentes, sendo 12 Kg da marca Differ e 3 Kg da marca Ultimatum.

O motorista foi preso em flagrante e encaminhado, juntamente com o material apreendido, à delegacia de Polícia Federal de Naviraí por crime de contrabando e por crime ambiental, previsto pelo artigo 56 da Lei Federal nº 9.605/12/2/1998 de transporte de produto ou substância tóxica, perigosa ou nociva à saúde humana ou ao meio ambiente. A pena para o crime ambiental é de um a quatro anos de reclusão. O infrator também foi autuado administrativamente em R$ 1.500,00.

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".