Campo Grande - MS, sábado, 18 de agosto de 2018

Pesca

PMA conclui operação do feriadão com dobro de autuações e apreensões

Foram 46 autuados por crimes ambientais e 300 kg de pescado apreendido

16 OUT 2017Por BÁRBARA CAVALCANTI10h:00

A quantidade de infrações por pesca predatória, pescado apreendido e multas aplicadas durante a operação da Polícia Militar Ambiental (PMA) praticamente dobrou neste ano, se comparada com a ação de 2016.  

Dados da PMA indicam que nesta operação, intitulada Pesque Legal, foram autuadas 46 pessoas por infrações ambientais neste ano, enquanto 2016 registrou apenas 28 infratores. Destes, 44 foram particularmente por crimes de pesca e ainda 17 específicos por pesca predatória. No ano passado, foram apenas 18 autores de crimes de pesca e, destes, só quatro por pesca predatória.  

Os dados ainda classificam as infrações administrativas, por pescar ou transportar pescado sem licença. Foram 27 neste ano, em comparação com apenas 14 em 2016.  

O número de pescado apreendido também praticamente dobrou: enquanto em 2016 foram apreendidos 157 quilos de pescado, neste ano os agentes apreenderam 300 quilos de peixes. Foram apreendidas 200 iscas vivas da espécie tuvira pela primeira vez desde o ano de 2009.  

As multas aplicadas aumentaram, somando R$ 37,7 mil neste feriadão. No ano passado, foram apenas R$ 15 mil em multas aplicadas.  

Ainda conforme o balanço da operação, os petrechos ilegais apreendidos e retirados dos rios somaram 547 itens, entre redes de pesca (20), tarrafas (3), espinhéis (10) e anzóis de galho (514). No ano passado, os petrechos retirados somaram apenas 449.  

Também neste ano, a PMA apreendeu 13 barcos com 13 motores, contra quatro na operação de 2016.  

REFORÇO 

Às 7h30 de hoje (16) marcaram o final das operações realizadas pelas unidades da Polícia Militar neste feriadão.  

A fiscalização reforçada começou no dia 1º de outubro, quando a PMA iniciou a Operação Pré-Piracema nos rios estaduais. A medida foi tomada uma vez que a PMA já estimava que vários cardumes já estariam formados e a quantidade de turistas e pescadores se intensificaria na região.  

Durante o feriado prolongado dos dias 11 e 12 de outubro, a fiscalização recebeu ainda mais reforço com todo efetivo administrativo e de subunidades deslocando para as áreas de pesca.  

Ainda conforme informações da PMA, mais pescadores estavam na região da divisa de Mato Grosso do Sul e Mato Grosso, uma vez que a pesca dos rios do estado vizinho foi fechada no início do mês. Este foi outro motivo que tornou necessária a intensificação do policiamento.  

Foram empregados todo efetivo de 25 subunidades e total de 362 homens de Mato Grosso do Sul em suas respectivas áreas de atuação.  

OUTROS INCIDENTES 

Ainda conforme o balanço da operação, houve um incidente de troca de tiros entre agentes da PMA do município de Bela Vista e pescadores que foram flagrados com redes em corredeira no Rio Apa, já em território Paraguaio. Os sujeitos fugiram e ninguém ficou ferido. 

Outras infrações ambientais foram uma de caça de jacaré e outra por maus-tratos a animais.  

Leia Também