Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, segunda, 19 de novembro de 2018

CRIME AMBIENTAL

PMA autua mais um por pesca
predatória na divisa com Mato Grosso

Outros quatro pescadores já tinham sido flagrados durante o feriado

10 SET 2017Por JONES MÁRIO, COM ASSESSORIA14h:51

A Polícia Militar Ambiental (PMA) de Coxim autuou o quinto pescador na divisa com Mato Grosso durante a Operação Independência. O infrator, residente em Rondonópolis (MT), foi flagrado com 4 quilos de pescado abaixo da medida permitida pela legislação e multado em R$ 774.

Equipes da PMA atuam nos rios Correntes, Piquiri, São Lourenço e Paraguai e já tinham autuado quatro pessoas por pesca predatória durante o feriado prolongado. Eles tiveram apreendidos 15 kg de pescado, três barcos, três motores de popa e petrechos de pesca. A multa aplicada foi de R$ 4,4 mil.

De acordo com a polícia, vários pescadores se deslocam para a região - distante de áreas urbanas e de difícil acesso -,  na tentativa de burlar a fiscalização.

O infrator responderá por crime ambiental de pesca predatória. Se condenado, poderá pegar pena de um a três anos de detenção. O pescado será doado para instituições filantrópicas, depois de periciado.

Agentes da PMA seguem revezando-se na região, a fim de prevenir a pesca predatória mesmo depois da Operação Independência, devido a proximidade do período de Piracema, em que cardumes começaram a se formar.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também