Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

PASSAPORTE E ARMAS

PF quer mais segurança e muda endereço para prestação de serviços

Sede terá atenção maior pelas investigações, operações e deflagrações realizadas

10 OUT 19 - 13h:14IZABELA JORNADA

Com objetivo de aumentar a segurança da sede da Polícia Federal e também de se concentrar nas investigações, os serviços de recebimento de passaportes e de registro de porte de armas passarão a ser feitos no Shopping Campo Grande a partir da próxima segunda-feira (14). Outros procedimentos como controle de produtos químicos, regularização da situação de estrangeiros e de fiscalização de empresas de segurança privada e vigilantes também serão feitos no novo endereço, a inauguração será às 10h.

A mudança foi feita para poder facilitar o acesso do cidadão aos serviços de atendimento ao público. Além do Setor de Passaporte, a Delegacia de Imigração (Delemig), a Delegacia de Controle de Armas e Produtos Químicos (Deleaq) e a Delegacia de Controle de Segurança Privada (Delesp) serão transferidas para o shopping.

A mudança das delegacias e setores de atendimento ao público para um local mais central e com acesso mais facilitado cumpre dois objetivos estratégicos da atual gestão da Polícia Federal no Estado do Mato Grosso do Sul. O primeiro diz respeito ao lado administrativo, que pretende facilitar a vida da população, com melhor acesso ao usuário dos serviços da PF, tais como requerentes de passaportes, empresas de produtos químicos, requerentes de porte e posse de armas de fogo, empresas de segurança privada e também dos estrangeiros, que precisam comparecer às repartições da PF para controle de estadia ou permanência em solo brasileiro.

O segundo objetivo, mais ligado à atividade de polícia judiciária visa aumentar o nível de segurança da sede da Polícia Federal na capital sul-mato-grossense, a qual concentrará delegacias, setores e núcleos operacionais e de investigação, reduzindo desta forma os riscos inerentes a locais com grande circulação de pessoas. 

O Superintendente Regional da Polícia Federal no Mato Grosso do Sul, Cléo Matusiak Mazzotti, entende como muito significativa a mudança de parte dos setores da Superintendência para o Shopping Campo Grande. Segundo ele, foram meses de negociação até a formatação de um convênio que melhora significativamente a organização das instalações da PF na Capital e traz benefícios à população.

"A Polícia Federal sempre atrai mais atenção pelas investigações, operações e deflagrações realizadas. Não obstante, há uma significativa responsabilidade administrativa e de prestação de serviços, a qual deve ser realizada de forma a facilitar o acesso e o atendimento do usuário. A instalação dos setores de atendimento ao público no Shopping Campo Grande possibilitará um acesso facilitado da população aos serviços administrativos e preservará o edifício sede para as atividades investigativas e operacionais", afirmou Mazzotti.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

BRASIL

Envolvimento de agentes de saúde pode acelerar diagnóstico de câncer

BRASIL

Tratamento para doenças raras precisa de investimentos em pesquisa

BRASIL

Motorista embriagado invade lanchonete, atropela 4 e mata jovem

Gaeco pede que juiz mantenha  prisão de policiais ligados a Name
MILÍCIA NA CADEIA

Gaeco pede que juiz mantenha prisão de policiais ligados a Name

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião