Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Assine a Newsletter

Operação Fox

Polícia Federal prende quatro pessoas
em MS durante ação contra cigarreiros

Três prisões ocorreram em Dourados e uma em Nova Alvorada do Sul

6 FEV 18 - 10h:05RENAN NUCCI

A Polícia Federal prendeu quatro pessoas em Mato Grosso do Sul na manhã desta terça-feira, durante a Operação Fox, deflagrada a partir de Rondonópolis (MT) para desarticular quadrilha especializada no contrabando de cigarros. O grupo agia nos dois estados e no Paraná.

Segundo o delegado Bruno Toledo, responsável pelo inquérito, três das prisões ocorreram em Dourados e uma em Nova Alvorada do Sul, cidades localizadas na rota de acesso ao Paraguai, onde era adquirida a mercadoria.

Uma das prisões em Dourados foi realizada com base em mandado expedido pela Justiça do Mato Grosso. As demais foram flagrantes, assim como a de Nova Alvorada do Sul. Foi cumprido ainda mandado de busca e apreensão em Mundo Novo.

OPERAÇÃO FOX

A Polícia Federal deflagrou nesta terça-feira a Operação Fox, com o objetivo de coibir crimes de contrabando e descaminho. Foram cumpridos seis mandados de prisão preventiva e 23 mandados de busca e apreensão nas cidades de Rondonópolis (MT), Primavera do Leste (MT), Nova Alvorada do Sul, Dourados, Mundo Novo e Curitiba (PR).

A investigação teve início em maio de 2017, para desarticular o grupo que puxa os produtos do Paraguai para revender em Rondonópolis, onde seis pessoas foram presas, dentre as quais cinco por mandados e uma em flagrante. A maioria dos investigados têm várias passagens.

As mercadorias eramtransportadas tanto em caminhões como em veículos menores em nome de terceiros. Durante as investigações foram apreendidos milhares de produtos contrabandeados.

 

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Empresas não terão de pagar multa de 10% do FGTS a partir de 2020
FGTS

Empresas não terão de pagar multa de 10% do FGTS a partir de 2020

Governo torna sem efeito promulgação da Reforma da Previdência Estadual
ERRO

Governo torna sem efeito promulgação da Reforma da Previdência Estadual

"Profundo desrespeito às religiões cristãs", diz OAB sobre especial de Natal da Netflix
PORTA DOS FUNDOS

"Desrespeito às religiões cristãs", diz OAB sobre especial de Natal da Netflix

Suspensão de operação da Viação São Luiz é prorrogada em quatro rotas
TRANSPORTE INTERMUNICIPAL

Suspensão de operação da Viação São Luiz é prorrogada em quatro rotas

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião