Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Cadastros

Pente-fino cancela 3.074 benefícios do bolsa família em Mato Grosso do Sul

Investigação do MPF começou ano passado

12 JUN 17 - 07h:00Lucia Morel

Do total de 8.433 cadastros do Bolsa Família suspeitos de irregularidades em Mato Grosso do Sul, 3.074 (o mesmo que 36,4%) foram cancelados. A medida faz parte do pente-fino realizado pelo Ministério Público Federal (MPF), a pedido do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS), em todo o Brasil. Entre os problemas identificados, há beneficiados que eram empresários, doadores de campanha e até falecidos.

Em MS, os mais de oito mil cadastros suspeitos teriam recebido pelo menos R$ 28.154.364,00 entre 2013 e maio de 2016, quando o raio X dos benefícios começou. A previsão é de que os cancelamentos reduzam o valor pago mensalmente, mas o MPF não informou quanto já foi possível economizar os mais de três mil cadastros cancelados.

Somente em Campo Grande, ocorreram 2.325 cancelamentos e outras 461 famílias estão com o recebimento do benefício bloqueado e com cadastro ainda em análise. O segundo município com maior número de cancelamentos é Aquidauana, onde 174 famílias deixaram de receber o Bolsa Família.

Reportagem completa está na edição de hoje do Correio do Estado.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Zaloar Murat Martins de Souza é empossado desembargador do TJMS
SOLENIDADE

Zaloar Murat Martins de Souza é empossado desembargador

Avianca deixará de operar voos em Campo Grande na próxima semana
A PARTIR DE SEGUNDA

Avianca deixará de operar voos em Campo Grande

'Foro privilegiado não pode ser usado para proteger mandato', afirma Dodge
CONDIÇÃO PRIVILEGIADA

'Foro não deve ser usado para proteger mandato', diz Dodge

Polícia apreende submetralhadora e maconha em fundo falso de carro
BR-262

Submetralhadora e maconha são apreendidas em veículo

Mais Lidas