Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Assine a Newsletter

ARMAMENTO CIVIL

Pela defesa armamentista, especialistas vem à Campo Grande falar sobre a causa

Ingresso custa R$ 30 e será revertido em doações

15 JAN 20 - 17h:01FÁBIO ORUÊ

Movimento Conservador de Mato Grosso do Sul traz para Campo Grande nomes reconhecidos nacionalmente para evento sobre o armamentismo, no Centro de Convenções Rubens Gil de Camillo, no dia 7 de fevereiro. 

Conforme divulgação, Bene Barbosa e Fabricio Rebelo ministrarão palestras para o público. Bene é ativista e especialista em segurança pública, além de presidente do Movimento Viva Brasil. Também é autor - em conjunto com Flávio Quintela - do livro Mentiram Para Mim Sobre o Desarmamento. Barbosa ministra a palestra “Brasil: do desarmamento ao rearmamento da população”. 

Já Fabricio Rebelo é pesquisador em segurança pública, autor da coletânea "Articulando em Segurança: Contrapontos ao Desarmamento Civil" e coordenador do Centro de Pesquisa em Direito e Segurança (Cepedes). Em Campo Grande, ele falará sobre os “contrapontos do desarmamento”.

O valor do ingresso para as palestras é R$ 30 e toda a arrecadação será destinado para ajudar crianças especiais. A princípio o valor era de R$ 120 ou duas latas de leite, mas um patrocínio ajudou no desconto de 70% no valor, segundo publicação do Deputado Federal Loester Trutis, no Facebook. O apoio é da Frente Parlamentar Armamentista (FPAR) e do Instituto Brasileiro da Cultura Armamentista (Ibraca).

 

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Chuva derruba árvores, alaga ruas, deixa moradores ilhados e arrasta carros na Capital
TEMPORAL

Chuva derruba árvores, alaga ruas, deixa moradores ilhados e arrasta carros na Capital

Duas empresas disputam licitação de R$ 3,1 milhões para reforma de terminais
CAMPO GRANDE

Duas empresas disputam licitação de R$ 3,1 milhões para reforma de terminais

Prefeituras assumem seis escolas fechadas pelo Estado
EDUCAÇÃO

Prefeituras assumem seis escolas fechadas pelo Estado

MG: 14 pessoas que beberam cerveja Belorizontina correm risco de morte
BRASIL

MG: 14 pessoas que beberam cerveja Belorizontina correm risco de morte

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião