Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

segunda, 18 de fevereiro de 2019 - 05h09min

VIOLÊNCIA

Patrão esfaqueia funcionário
que chegou 30 minutos atrasado

Vendedor de redes ficou com um corte de 10 cm na cabeça

11 FEV 19 - 08h:55TERO QUEIROZ

Homem de 43 anos ficou ferido com cortes na cabeça e várias partes do corpo após seu patrão o atingir com um facão. O caso aconteceu na tarde deste domingo (10), em um posto de combustíveis, na BR-163, em Campo Grande.  

Segundo o registro policial, o suspeito seria o patrão da vítima que, vende redes e capas para bancos de carros. Na tarde de ontem, a vítima atrasou 30 minutos e foi abordada pelo patrão, conhecido apenas como Fernando, que teria pego um facão no interior do caminhão usado para o transporte das redes. 

Ele se aproximou do trabalhador para questionar sobre o atraso e o agrediu com golpes de facão. A vítima teve ferimentos na cabeça, braços e costas. 

Funcionários do posto de combustíveis acionaram a polícia, mas, o suspeito conseguiu fugir do local, seguindo pela BR-163. A vítima foi socorrida por uma equipe dos Corpo de Bombeiros e encaminhada até a  Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro Moreninhas. 

De acordo com a polícia foram realizadas buscas pela BR-163, mas nada foi encontrado. O caso foi registrado na Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário  (Depac) do bairro Piratininga e será investigado.  

*Matéria alterada para correção de informações. O caso aconteceu no domingo e não na quarta-feira. 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Novos portos vão investir R$ 250 milhões em Murtinho
ECONOMIA

Novos portos vão investir R$ 250 milhões em Murtinho

Polo Empresarial Oeste é alvo de diagnóstico da Prefeitura
ECONOMIA

Polo Empresarial Oeste é alvo de diagnóstico da Prefeitura

BRASIL

Bombeiros localizam mais 2 vítimas de rompimento de barragem em Brumadinho

BRASIL

Ao menos quatro alunos de escolas militares obtêm liminar para entrar na USP

Mais Lidas