MUDANÇA

Paraguai passa a exigir vacina da <br>febre amarela para brasileiros

Vacina deve ser tomada 10 dias antes da viagem
20/05/2019 15:14 - FÁBIO ORUÊ


 

O Paraguai, país vizinho de de Mato Grosso do Sul, entrou para a lista de países que exigem de brasileiros tomem a vacina contra a febre amarela antes de entrar no país. Com a mudança, qualquer passageiro com mais de um ano de idade que for viajar ao local terá de portar o Certificado Internacional de Vacinação (CIVP).

Até então o documento era exigido pelo governo paraguaio de viajantes que estivessem seguindo ou que estiveram nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo e Bahia, considerados áreas de risco para contaminação pela doença.

Porém, agora a regra vale para qualquer turista brasileiro.Conforme a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), a vacina precisa ter sido tomada ao menos 10 dias antes da data da viagem, caso contrário, não será possível embarcar.

Atualmente o documento pode ser emitido online, bastando tomar a vacina e enviar os comprovantes pela internet, ao se cadastrar no site da Anvisa. Ao ser aprovado, o documento é enviado ao solicitante por e-mail para ser impresso em casa. Ainda assim, o documento pode ser emitido presencialmente em unidades credenciadas.

* Com informações do site Melhores Destinos

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".