Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Promoção

Para atrair passageiros, empresas de ônibus vão reduzir tarifas em quase 50%

Portaria entre Governo do Estado e empresas foi assinada nesta quarta-feira

19 AGO 15 - 10h:20ALINY MARY DIAS E KLEBER CLAJUS

Uma portaria assinada entre empresas que atuam no ramo de transporte intermunicipal de passageiros e o Governo de Mato Grosso do Sul vai impactar na redução das tarifas para trechos específicos e em alguns dias da semana. O acordo foi firmado depois de o Estado reduzir o ICMS do diesel e também por uma iniciativa das empresas para atrair mais passageiros.

A redução começa a valer a partir de amanhã e cada empresa de transporte irá avaliar como será a aplicação das tarifas promocionais. Os trechos escolhidos devem ser aqueles com baixa ocupação.

O presidente do Sindicato das Empresas de Transporte Rodoviário de Passageiros do Estado (Rodosul), Osvaldo Possari, disse que a medida tem o objetivo de “bater de frente” com o transporte irregular, que impacta em uma queda de 30% para as empresas de transporte.

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) também ressaltou a necessidade de combater o transporte irregular. “Temos que criar mecanismos para aumentar o fluxo de passageiros e enfrentar a competição que existe de transporte irregular que cria concorrência desleal, por isso, as empresas estarão autorizadas a operar com preços diferenciados”.

PROMOÇÃO

Um trecho promocional já foi anunciado pela empresa Cruzeiro do Sul, será entre Campo Grande e Porto Murtinho. Habitualmente, o trecho custa R$ 103, mas em razão do novo acordo, o valor será de R$ 60 em um dia da semana e de R$ 80 em outros dois.

Todas as empresas que quiserem aderir ao acordo devem anunciar as rotas promocionais até a semana que vem. A expectativa é que trechos turísticos como Bonito, Corumbá e Jardim também sejam contemplados com a redução.

O diretor-presidente da Agência Estadual de Regulação dos Serviços Públicos de Mato Grosso do Sul (Agepan), Youssef Domingos, disse que o percentual de desconto será definido pelas empresas. “A intenção é garantir o equilíbrio nas finanças”, afirmou.

No ano passado, 4,8 milhões de pessoas usaram o serviço intermunicipal das 14 empresas do Estado.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Teto do CTI da Santa Casa despenca por conta da chuva
CAMPO GRANDE

Teto do CTI da Santa Casa despenca por conta da chuva

Caçamba de caminhão levanta, derruba fiação e deixa bairro sem luz
CAIOBÁ

Caçamba de caminhão levanta, derruba fiação e deixa bairro sem luz

Vai pegar a rodovia? Tome alguns cuidados na sua viagem
CONFIRA DICAS

Vai pegar a rodovia? Tome alguns cuidados na sua viagem

Após quase dois meses, gripe volta a matar em Mato Grosso do Sul
INFLUENZA

Após quase dois meses, gripe volta
a matar em Mato Grosso do Sul

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião