Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

CAMPO GRANDE

Para abrir laboratório próprio de raio-X, Santa Casa dispensa radiologistas

Médicos denunciaram que outro contrato estava sendo negociado antes do rompimento

10 OUT 19 - 14h:22ADRIEL MATTOS E NATALIA YAHN

A Santa Casa de Campo Grande encerrou o convênio com 13 médicos radiologistas para abrir um laboratório próprio de imagem. Alguns desses profissionais prestavam serviços ao hospital há mais de 40 anos e foram pegos de surpresa com a decisão da presidência da instituição.

“Nada atrasava, todos os exames eram entregues em dia. E estamos há cinco meses sem receber”, disse um dos médicos, Paulo Milton Rodrigues. Ele e outros 12 profissionais divulgaram uma nota a qual o Correio do Estado teve acesso lamentando o rompimento.

O corpo clínico foi notificado do fim do convênio no dia 13 de setembro e todas as tratativas para impedir o rompimento não foram bem sucedidas. “A decisão parecia estar tomada já a algum tempo, até porque, mesmo antes da notificação de quebra contratual a nós realizada, já estavam os ‘donos’ da Santa Casa negociados às escuras um novo contrato com outro grupo, de interesse pessoal da administração”, diz o texto.

O Correio do Estado procurou tanto a assessoria de imprensa do hospital quanto seu presidente, Esacheu Nascimento, mas não obteve resposta até a publicação desta reportagem.

 

(Texto alterado às 16h09)

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

BRASIL

Envolvimento de agentes de saúde pode acelerar diagnóstico de câncer

BRASIL

Tratamento para doenças raras precisa de investimentos em pesquisa

BRASIL

Motorista embriagado invade lanchonete, atropela 4 e mata jovem

Gaeco pede que juiz mantenha  prisão de policiais ligados a Name
MILÍCIA NA CADEIA

Gaeco pede que juiz mantenha prisão de policiais ligados a Name

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião