ITAQUIRAÍ

Pai de suspeito de homicídio <br>é executado a tiros de pistola

Ele estava dentro de carro quando suspeitos passaram atirando
13/06/2019 15:17 - GLAUCEA VACCARI


 

Vilmar Fogaça da Silva, 43 anos, foi executado com dezenas de tiros de pistola calibre 9 milímetros, na manhã de hoje, em Itaquiraí. Vítima era pai de um adolescente suspeito de homicídio ocorrido no fim de maio deste ano.

Segundo consta em boletim de ocorrência, vítima estava dentro de um carro Renault Fluence estacionado, quando pistoleiros passaram o efetuaram os disparos. Ele foi atingido por vários tiros e morreu na hora.

Equipe da Polícia Civil foi acionada e, próximo ao veículo, foram encontradas 17 cápsulas deflagradas de munição calibre 9 mm.

Ainda segundo o registro policial, irmã de Vilmar foi até o local e disse aos policiais que ele é pai de um adolescente que teria matada a tiros um homem identificado como Alyson de Melo Prudente, no dia 27 de maio deste ano. Ainda segundo a mulher, a arma usada pelo menor no homicídio, um revólver calibre .357, estaria de posse da vítima.

Perito encontrou, em um dos bolsos de Vilmar, seis munições intactas, sendo uma duas de calibre .357 e quatro de calibre .38, no entanto, a arma que supostamente estaria com ele não foi encontrada.

O caso foi registrado como homicídio simples na Delegacia de Polícia Civil.

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".