Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Osíris

Operação desarticula célula do PCC ligada ao tribunal do crime

Ação foi realizada ontem e terminou com três criminosos presos

7 MAR 19 - 08h:47RENAN NUCCI

A Polícia Civil desarticulou ontem, durante a Operação Osíris, célula da facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC) ligada ao tribunal do crime, na cidade de Naviraí. A ação culminou na prisão de Rodrigo Mariano da Costa, de 22 anos, Igor Felipe Jara Canuto de Souza, 22, e de Samuel de Oliveira da Cruz, 23. Christiano Moraes dos Santos, de 34 anos, é dado como foragido.

Segundo o delegado do Setor de Investigações Gerais (SIG) Thiago de Lucena, que participou do trabalho sob coordenação do delegado Hudson Parra Miranda. Os quatro criminosos sequestraram e mantiveram em cárcere um homem de 48 anos, tido como desafeto da facção. A vítima foi capturada no dia 30 de janeiro, mas conseguiu escapar do cativeiro no dia seguinte e acionou a polícia.

O homem alegou que havia sido atraído pelo grupo até uma residência no Jardim Paraíso, sob o pretexto de que as desavenças seriam supostamente resolvidas. Lá, foi impedido de sair e ouviu conversa dos criminosos por telefone com outras pessoas que pareciam estar presas. Após ser amarrado, teve certeza de que seria executado. Enquanto o grupo preparava o transporte e procurava pela arma, a vítima conseguiu fugir e pedir ajuda.

De acordo com Lucena, um dos suspeitos já estava preso por roubo desde o dia 5 de fevereiro. Outros dois foram detidos ontem na operação e Christiano está foragido. “Além de do tribunal do crime, os integrantes da facção  também praticavam furtos de veículos, roubos, tráfico de drogas, sequestro e cárcere privado”, explicou ele.

 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Primeira Organização Social<br> do Estado será substituída
SAÚDE

Primeira Organização Social do Estado será substituída

Operação investiga fraude em licitação para desvio de dinheiro público
ÁGUA CLARA

Gaeco cumpre mandado em empresa suspeita de fraude

Homem cochila, bate em caminhão e mulher fica presa às ferragens
TRÂNSITO

Homem cochila ao volante
e bate em caminhão

Governo promete pagar 12 meses <br> de Cassems para quem aderir ao PDV
DEMISSÃO VOLUNTÁRIA

Governo promete Cassems para quem aderir PDV

Mais Lidas