Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

PATRULHA DA CIDADE

Ônibus quebrados causam transtornos aos usuários na Capital

Cansaço e atraso pesam contra quem depende de coletivos
25/04/2019 10:36 - RAFAEL RIBEIRO


 

A quebra de um ônibus da linha 61 (Terminal Moreninhas/Shopping Campo Grande) causou transtornos aos usuários que dependem de transporte coletivo para ir estudar ou trabalhar na região central de Campo Grande, na manhã desta quinta-feira (25).

O flagrante foi feito por uma ouvinte da Rádio Mega 94 FM . Ela estava no ônibus quebrado e relatou que os que passavam na sequencia estavam muito cheios, impedindo sem embarque e, claro, atrasando sua viagem e aumentando o cansaço antes mesmo de iniciar sua atividade diária.

"Vai ficar difícil explicar para o patrão desse jeito, ele não pega ônibus, não sabe o que passamos. Pensa que é invenção", disse a ouvinte.

O Correio do Estado não conseguiu contato com a assessoria de imprensa do Consórcio Guaicurus para comentar o ocorrido.

Essa matéria foi sugerida por ouvinte da Rádio Mega 94 FM.

E você leitor, caso veja algum buraco nas ruas de Campo Grande, não se intimide. Faça como nossa amiga e se torne também um colaborador-cidadão. O Correio do Estado está ao seu lado para que juntos possamos cobrar uma cidade com ruas dignas. Fotografe e envie seu vídeo de até um minuto para nosso canal de comunicação de WhatsApp: (67) 99922-6705. Lembre-se de gravar suas imagens sempre na horizontal (com o celular deitado) para melhor visualização do vídeo.

Ajude-nos na patrulha da cidade!


 

Felpuda


Em uma das eleições em MS, candidato já oficializado na convenção corria o trecho para conquistar os eleitores. Mal sabia, porém, que time do seu partido e de aliados estava tramando sua derrubada para emplacar substituto que teria mais votos. Por muito pouco, o dito-cujo não foi guilhotinado, conseguindo salvar o pescoço. Agora tudo indica que o mesmo processo estaria em andamento e seria mais fácil, pois a “vítima” desta vez ainda é só pré-candidato. Dizem que a “turma da trairagem” tem know-now no assunto.