Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Polícia Civil

Novo prédio do Cepol será inaugurado nesta segunda

Sede deve abrigar 5 especializadas que atualmente funcionam em estrutura improvisada

9 AGO 15 - 12h:31Glaucea Vaccari

O novo prédio do Centro Especializado de Polícia (Cepol), que abriga cinco delegacias de Polícia Civil especializadas, será inaugurado nesta segunda-feira (10), às 10h, pelo governador Reinaldo Azambuja (PSDB).

A solenidade será na rua Soldado PM Reinaldo de Andrade, no bairro Tiradentes, em Campo Grande.

No Cepol funcionam atualmente cinco Delegacias de Polícia Especializadas, sendo a de Polinter e Capturas; de Repressão a Crimes de Defraudações e Falsificações (Dedfaz), de Repressão a Crimes de Homicídios (DEH); de Atendimento à Infância e Juventude (Deaij) e de Ordem Política e Social (Deops).

Conforme a Secretaria Estadual de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), desde o início dos anos 2000, o Cepol funciona em um prédio improvisado na Rua Ceará, que apresenta problemas na estrutura.

O novo prédio foi construído em parceria com a Delegacia Geral de Polícia Civil (DGPC) e deve gerar economia no aluguel para o Governo do Estado.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Testemunhas são multadas por faltarem a júri de acusado de matar esposa
CAMPO GRANDE

Testemunhas são multadas por faltarem a júri de acusado de matar esposa

Por R$ 2 milhões, empresa vai reformar três terminais de Campo Grande
CONCORRÊNCIA PÚBLICA

Por R$ 2 milhões, empresa vai reformar três terminais de Campo Grande

Comércio puxa resultado positivo <br>na geração de empregos em MS
CARTEIRA ASSINADA

Comércio puxa resultado positivo na geração de empregos em MS

Helicóptero que caçava traficantes cai na fronteira; veja o vídeo
OPERAÇÃO CONJUNTA

Helicóptero que caçava traficantes cai na fronteira; veja o vídeo

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião