MUDANÇA NO TEMPO

Nova frente fria chega, derruba temperatura a 3°C e pode haver geada

Inmet tem alertas vigentes para declínio de temperatura, tempestade e vendaval
22/05/2019 16:00 - GLAUCEA VACCARI


 

Tempo deve mudar em Mato Grosso do Sul nesta quinta-feira (23) com a chegada de uma frente fria que, além de queda acentuada nas temperaturas, deve promover chuvas fortes e com rajadas de vento de até 80 km/h em algumas regiões. O frio deve permanecer pelo menos até o fim de semana, quando a mínima pode chegar a 3°C e há possibilidade de geadas isoladas.

Conforme informações do Climatempo, a passagem da frente fria ao longo do litoral da região sul e a formação de um sistema de baixa pressão ajudam a organizar as áreas de instabilidade e ar seco que predomina no Estado perde força. Alguns municípios já tiveram chuva nesta quarta-feira, condição que deve continuar amanhã.

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) tem três avisos meteorológicos vigentes até às 22h de quinta-feira, alertando para o perigo de tempestades, declínio de temperatura e vendaval. 

Quando ao declínio de temperatura, alerta é que a queda deverá ser entre 3°C e 5°C. Já o aviso de tempestade alerta para chuvas intensas entre 30 mm e 50 mm por dia, ventos entre 40 e 60 km/h e queda de granizo para 46 municípios do Estado. Por fim, o alerta de vendaval é válido para todos os municípios, com possibilidade de rajadas de até 80 km/h. 

As temperaturas já começam a cair durante a noite e madrugada, com mínima prevista de 13°C e máxima de  30°C amanhã. O frio ganha força nos demais dias, caindo para 6°C na sexta-feira e podendo chegar a 3°C no sábado. 

Em Campo Grande, previsão é de pancadas de chuva isoladas de moderada a forte intensidade, com raios e rajadas de vento. Termômetros oscilam entre 17°C e 22°C na quinta, 13°C e 22° na sexta e 10°C e 24°C no sábado. O frio pode ser maior devido a sensação térmica, que é mais baixa. 

De acordo com os meteorologistas, já nesta quinta-feira Campo Grande pode registrar um novo recorde de menor temperatura máxima. Conforme dados do Inmet a menor temperatura do ano na Capital é de 10,2°C,  registrada no dia 15 de maio.

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".