Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Assine a Newsletter

REDE MUNICIPAL

No dia dos professores, profissionais ainda estão
sem garantia de aumento

Cansados de esperar por definição, docentes marcaram greve para 3 de novembro

15 OUT 14 - 00h:00DA REDAÇÃO

Nesta quarta-feira (15), dia dos professores, os profissionais da Rede Municipal de Ensino de Campo Grande acordaram sem garantia de aumento. Ontem, eles aprovaram indicativo de greve a partir de 3 de novembro, pelo não cumprimento da lei 5.189 que determina o reajuste salarial de 8,46%, para equiparação com o piso nacional. A decisão foi tomada em assembleia, com aproximadamente 600 docentes, na sede do Sindicato Campo-grandense dos Profissionais da Educação Pública (ACP).

“Todos estão insatisfeitos com o não cumprimento da lei aprovada na Câmara dos Vereadores. Isso foi comprovado hoje por unanimidade na assembleia”, lamentou o presidente do sindicato, Geraldo Alves Gonçalves. Assim que decidiram pela greve, os professores seguiram em passeata da sede do sindicato até o Paço Municipal. A ideia era forçar uma reunião com o prefeito Gilmar Olarte. Mas como ele não estava, uma comissão com dez representantes da categoria, acabou sendo recebida por secretários municipais, dentre os quais o de Governo, Rodrigo Pimentel.

Foram quase duas horas de negociação. E os professores deixaram a prefeitura sem conseguir o reajuste. A única garantia foi de que uma nova reunião seria agendada até sexta-feira (17), quando então os docentes teriam uma nova oportunidade de tratar o assunto diretamente com Olarte.

A reportagem, de Rafael Bueno, está na edição de hoje (15) do jornal Correio do Estado.

 

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Aliados de 'Minotauro' estão entre presos do PCC fugitivos de prisão no Paraguai
FUGA EM MASSA

Aliados de 'Minotauro' estão entre presos do PCC fugitivos de prisão no Paraguai

Projeto auxilia na criação de hortas familiares em Campo Grande
HORTA URBANA

Projeto auxilia na criação de hortas familiares em Campo Grande

DOURADOS

Com exames atrasados, município pode receber multa de R$ 10 mil por dia

Decisão do Ministério Público Estadual pede que reativação dos serviços seja imediata
Justiça determina que homem pague plano de saúde para tratamento de ex-esposa
PROCESSO SIGILOSO

Justiça determina que homem pague plano de saúde para tratamento de ex-esposa

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião