CAMPO GRANDE

Mulher morre após tomar cerveja e fumar narguilé em tabacaria

Amigas contaram que vítima sofria de pressão alta
13/07/2019 09:47 - RAFAEL RIBEIRO


 

Larissa Carla Martinelli, 31 anos, morreu na madrugada deste sábado (13) após beber cerveja e fumar narguilé, em tabacaria no Centro de Campo Grande.

Segundo a polícia, o fato ocorreu por volta das 3h30. Larissa começou a ficar tonteada, caiu e começou a espumar pela boca. 

Uma amiga relatou à polícia que Larissa sofria de pressão alta e fazia uso de medicação para controlar a doença.

Ainda de acordo com testemunhos, era comum ela apresentar os mesmos sintomas quando saía para beber com as amigas. 

Na Depac do Centro, onde o caso foi registrado, a mãe disse que ela tinha feito exames há 15 dias e nada de anormal havia sido constatado.

O corpo será periciado e o caso será investigado.

Nas redes sociais, amigos e familiares de Larissa lamentavam o ocorrido. 

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".