Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Assine a Newsletter

Violência

Mulher mata servente de pedreiro a
facadas para defender filha de agressão

Crime ocorreu durante confraternização de Ano Novo no Jardim Noroeste

1 JAN 18 - 07h:54RENAN NUCCI e RAFAEL RIBEIRO

Churrasco que deveria ser motivo de celebração da chegada do Ano Novo terminou de forma violenta na noite de ontem, no Jardim Noroeste, em Campo Grande. Para defender a filha de agressões, mulher de 32 anos matou o servente de pedreiro Edivânio Teodoro da Silva, de 32 anos, com facada no pescoço. A autora sofreu três perfurações, mas não corre risco de morte.

Conforme apurado, a mulher e familiares estavam reunidos na confraternização, quando por volta das 22 horas, Edivânio passou em frente à residência, localizada na Rua Senador Vergueiro. Como era conhecido dos moradores, ele foi convidado a se juntar para participar, apesar de estar embriagado.

Durante o churrasco, Edivânio começou a se desentender com as demais pessoas e passou a ofendê-las, conforme relatado à polícia, sem motivo aparente. Em seguida, deu um soco no rosto de uma adolescente de 15 anos, filha da moradora, pegou uma faca e tentou matá-la. Assustada, a menor correu, mas foi perseguida.

Temendo pela vida da filha, a mulher se armou com outra faca e foi atrás de Edivânio. Ele deu três facadas nela, mas ela conseguiu revidar. Os dois foram socorridos, mas o servente de pedreiro não resistiu e morreu dentro da ambulância, a caminho do hospital. A mulher foi levada para a Santa Casa e está fora de risco.

De acordo com o delegado Enilton Pires Zalla, plantonista da delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) do centro, Edivânio era foragido da Justiça por envolvimento com drogas. Ele afirmou ainda não ter prendido a autora por entender que ela agiu para proteger a filha, além de ter telefonado para a polícia informando a ocorrência.

 

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Acumulado, próximo concurso da Mega-Sena deve pagar R$ 36 milhões
APOSTAS

Acumulado, próximo concurso da Mega-Sena deve pagar R$ 36 milhões

Em 2019, organizações sociais receberam 21% a mais de investimentos que 2018
CIDADANIA

Em 2019, organizações sociais receberam 21% a mais de investimentos que 2018

Mato Grosso do Sul terá domingo nublado com possibilidade de pancadas de chuva
PREVISÃO DO TEMPO

Estado terá domingo nublado com possibilidade de pancadas de chuva

OAB recomenda que Assembleia siga trâmite da PEC da reforma da Previdência
MATO GROSSO DO SUL

OAB recomenda que Alems siga trâmite da reforma da Previdência

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião