Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

PORTAL CAIOBÁ

Mulher desacata policiais que atendiam denúncia de algazarra

Dona da casa desafiou militares a prende-la

19 ABR 19 - 15h:40ALINE OLIVEIRA

Uma festa realizada na Rua Leão Zardo, no bairro Portal Caiobá II terminou em desacato e prisão na madrugada desta sexta-feira (19). Uma quipe da Policia Militar (PM) foi até o local depois de receber denúncias de que o local estava incomodando a vizinhança, em razão da gritaria, algazarra e música alta.

Chegando no local, os militares foram recebidos por um homem de 23 anos que reagiu ante o pedido para baixar o volume do som. Segundo consta no boletim de ocorrência registrado na Delegacia de Pronto Atendimento (Depac Piratininga), o dono da casa disse a equipe:

"Sou sobrinho de um Policial Civil e ele me disse que eu não sou obrigado a me identificar para nenhum policial. E que vocês não têm mandado para fazer a gente acabar com a festa".

Além do rapaz, uma mulher de 37 anos que estava na festa se aproximou com um celular gravando a conversa e falando palavras baixo calão e desafiando os policiais a prende-la. Ao darem voz de prisão, os policiais foram atacados pelo homem que incitou outros convidados da festa e agredirem os militares. 

Diante da situação os policiais acionaram apoio junto ao CIOPS que enviou reforços de três equipes. Dois homens e a mulher foram presos por resistência, desobediência, desacato e perturbação. Apesar da tensão ocasionada no local não houve agressões físicas e os envolvidos tiveram que ser algemados e encaminhados para Depac. 

 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Governador comemora geração de empregos com retomada da UFN3
PRODUÇÃO DE INSUMOS

Governador comemora geração de empregos com retomada da UFN3

Universitários protestam contra escolha de reitora na UFGD
EDUCAÇÃO

Universitários protestam contra escolha de reitora na UFGD

Jovem encontrada morta em milharal tem 18 anos e estaria grávida
BRUTAL

Jovem morta em milharal tem 18 anos e estaria grávida

Semana começa com 121 vagas de emprego na Funtrab
OPORTUNIDADES

Semana começa com 121 vagas de emprego

Mais Lidas