Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, segunda, 21 de janeiro de 2019

NO RITA VIEIRA

Mulher atira em marido com arma levada de forma ilegal em carro do casal

Suspeita disse que revólver era registrado, mas não encontrou documentos

13 JAN 2019Por RAFAEL RIBEIRO08h:47


Homem de 34 anos foi baleado na barriga pela própria mulher, de 30, no início da noite do último sábado (12), na garagem da casa onde o casal morava, no bairro Rita Vieira, região leste da Capital.

Segundo a polícia, o disparo foi acidental. E originado de forma curiosa. Por volta das 18h30, quando voltaram para sua residência, o marido lembrou de ter esquecido sua arma, um revólver calibre ponto 38 na porta. Pediu a suspeita então para pegá-lo. Ela pegou. Mas apertou o gatilho sem querer.

O marido ferido foi socorrido em estado grave à Santa Casa, onde passou por cirurgia e seguia internado até a publicação desta reportagem.

Em seu depoimento, a suspeita disse quye a arma era registrada. Só esqueceu de levar os documentos. Acabou indicada por porte ilegal de arma de fogo e lesão corporal culposa (quando não há intenção) na delegacia de plantão da Vila Piratininga, onde o caso foi registrado.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também