Campo Grande - MS, segunda, 20 de agosto de 2018

Tortura

MP investiga agressões cometidas
por agentes contra menores na Unei

Violência data de meados de 2015, segundo inquérito da 31ª Promotoria

9 OUT 2017Por RENAN NUCCI09h:15

A 31ª Promotoria de Justiça do Patrimônio Público e Social de Campo Grande instaurou inquérito civil para apurar agressões cometidas por agentes contra adolescentes que cumpriam medidas socioeducativas. Segundo publicado no Diário Oficial do Ministério Público Estadual (MPE) desta segunda-feira, as agressões ocorreram em meados de 2015, na Unidade Educacional de Internacção (Unei) Dom Bosco. O promotor de justiça Humberto Lapa Ferri é responsável pelo procedimento.

No ano passado, o MPE apresentou relatório divulgado pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública que retratava situação de ameças e torturas sofridas por menores infratores na Unei. No documento havia relatos de ameaças, agressões físicas e psicológicas eram frequentes, transformando-se em prática comum de tortura. Tais denúncias levaram a abertura de procedimento preparatório para instauração de inquérito.

 

Leia Também