Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

ACIDENTE

Motorista fica preso em carro após capotamento na BR-267

Vítima ficou gravemente ferida

17 AGO 19 - 17h:28RAFAEL RIBEIRO

Um homem que não teve a identidade revelada ficou inconsciente e sofreu ferimentos graves após sofrer um acidente na BR-267, próximo de Maracaju. Ele capotou o carro e chegou a ficar preso nas ferragens..

Segundo o portal 'Maracaju Speed', várias pessoas que passavam pelo local ligaram para os Bombeiros informando sobre o capotamento e afirmando que havia uma pessoa inconsciente dentro do carro. Os socorristas encontraram o Chevrolet Classic, placas de Maracaju, com as rodas para cima e o motorista retido no veículo.

A suspeita é de que o motorista seguia sentido Guia Lopes da Laguna/Maracaju quando perdeu o controle da direção e invadiu a pista contrária, saindo da rodovia em seguida. Conforme o site Maracaju Speed ele ainda percorreu aproximadamente 30 metros as margens da pista e o veículo sofreu o capotamento após passar em um buraco.

Os militares fizeram o resgate da vítima, que foi transferido para hospital de Campo Grande por conta da gravidade dos ferimentos. Ele teria sofrido fratura no braço esquerdo, no nariz e traumatismo craniano. PRF (Polícia Rodoviária Federal) esteve no local e fez o registro do acidente.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Gastos de deputados <br> passarão a ser divulgados
APÓS COMPRAR BEBIDA

Gastos de deputados
passarão a ser divulgados

Com R$ 84 milhões para receber, Agehab dá desconto a 11 mil inadimplentes
RENEGOCIAÇÃO DE DÍVIDAS

Com R$ 84 milhões para receber, Agehab dá desconto a 11 mil inadimplentes

Maníaco sexual já fez<br> seis vítimas, diz polícia
ESTUPRADOR EM SÉRIE

Maníaco sexual já fez seis vítimas, diz polícia

Inadimplentes poderão <br> renegociar dívidas com Agehab
DESCONTOS DE ATÉ 100%

Inadimplentes poderão
renegociar dívidas com Agehab

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião