Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

BRASIL

Motorista embriagado invade lanchonete, atropela 4 e mata jovem

Motorista embriagado invade lanchonete, atropela 4 e mata jovem
13/10/2019 21:00 - ESTADÃO CONTEÚDO



O motorista de uma van perdeu o controle do veículo e invadiu uma lanchonete, no final da noite deste sábado, 13, em Jundiaí, interior de São Paulo.

Frequentadores que estavam na calçada e no interior do estabelecimento foram atropelados. Uma jovem de 29 anos morreu e outras três pessoas ficaram feridas. O teste do bafômetro indicou que o condutor da van estava embriagado. Ele foi preso.

O acidente aconteceu na rua José Lins do Rego, no Jardim Tamoio, região periférica da cidade. Conforme a Polícia Civil, guardas municipais que estiveram no local relataram que o veículo não conseguiu fazer uma curva, subiu na calçada e invadiu a área onde estava a clientela da lanchonete, atingindo as pessoas.

O veículo parou após bater numa coluna de metal. A jovem Thamyres Soares Marques Jacinto foi atingida em cheio e não resistiu à gravidade dos ferimentos.

Conforme a Guarda Municipal de Jundiaí, outras três pessoas, duas mulheres de 30 e 27 anos e um jovem de 27, ficaram feridas e foram levadas para o pronto-socorro do Hospital São Vicente de Paulo. As três vítimas continuavam internadas neste domingo em estado estável.

O teste do bafômetro acusou a embriaguez do motorista Antônio Barbi Junior, de 41 anos. Nas roupas dele foi encontrado um pino vazio de entorpecente, o que levantou a suspeita do consumo de droga.

O homem foi agredido pelas pessoas que estavam no local. Ele foi levado para o plantão da Polícia Civil e autuado por homicídio e lesão corporal culposa. Antônio será levado para audiência de custódia nesta segunda-feira, 14.

 

Felpuda


Figurinha começou a respirar aliviada, embora ainda esteja na corda bamba. Isso porque mudou de mãos o processo cuja sentença poderá mandá-la para casa definitivamente. Assim, pela “jurisprudência” com a qual o “analista” é conhecido, pode ser que o resultado seja bastante favorável, permitindo que a então desesperada pessoa continue com o assento em Brasília. Vamos ver!