DOURADOS

Motorista de aplicativo desaparece após sair para atender corrida

Ele recebeu chamada via aplicativo na madrugada e não retornou
10/08/2019 16:42 - GLAUCEA VACCARI


Motorista de aplicativo, Cristhian Tavares da Silva, 25 anos, desapareceu após sair de casa para atender uma corrida, na madrugada de hoje (10), em Dourados.

Boletim de ocorrência foi registrado pelo pai do motorista, que informou à polícia que o filho estava em casa, quando por volta das 0h10 recebeu uma chamada pelo aplicativo e saiu para fazer a corrida, não retornando mais para casa.

Segundo consta no registro policial, o homem ainda entrou em contato com a esposa uma hora após sair da residência. Após este contato, todas as ligações feitas para ele caíram na caixa postal e as mensagens encaminhadas via WhatsApp não foram visualizadas.

Pai do rapaz perguntou para diversos conhecidos se sabiam sobre o paradeiro do filho e percorreu hospitais e Unidades de Pronto Atendimento (UPA) em busca do motorista, mas não conseguiu localizá-lo.

Ainda segundo o homem, o filho não faz uso de drogas, não bebe e não tem problemas mentais e também não tem tatuagens ou piercings. O rapaz tem 1,90 de altura, cabelos encaracolados preto, olhos castanhos, barba e não é nem gordo nem magro.

O caso foi registrado na Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) de Dourados como desaparecimento.

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".