JARDIM LEBLON

Motoqueiro avança preferencial e morre ao bater na lateral de ônibus

Passageiros do ônibus não ficaram feridos
18/08/2019 10:03 - FÁBIO ORUÊ E VALDENIR REZENDE


 

Motoqueiro de 21 anos morreu na manhã deste domingo (18), no cruzamento da Rua Clineu da Costa Moraes com a Rua Tupi, no Jardim Leblon, em Campo Grande. Segundo informações da Polícia Militar, ele foi identificado como Natan Aparecido Fernandes.

Conforme apurado pelo Correio do Estado, o ônibus circular seguia pela Clineu da Costa quando a vítima fatal, em uma moto Yamaha XJ6 600 cilindrada, que vinha na Rua Tupi, não respeitou a placa de pare e bateu na lateral esquerda do transporte público, bem ao lado de onde fica o motorista no veículo. O acidente aconteceu por volta de 8h50. 

A vítima morreu antes que pudesse ser socorrida. Os passageiros do ônibus não sofreram ferimentos, somente o motorista, de 52 anos, precisou de atendimento médico devido ao nervosismo. 

Ao chegar no local e encontrar o filho morto, a mãe da vítima também passou mal e precisou ser socorrida. Ela foi levado para a Unidade de Pronto Atendimento do Leblon. Segundo informações, a mulher perdeu o marido há dois meses e hoje, o único filho. 

* Matéria alterada às 10:40 para acréscimo de informação

 

 

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".