Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

NOTA DE PESAR

Morre arquiteto responsável por projeto da Concha acústica no Parque das Nações

Arquiteto e urbanista, Ronaldo Navarro Gondim morreu nesta quarta (26)

26 SET 18 - 18h:43ALINE OLIVEIRA

O Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil (CAU/BR) divulgou nesta quarta-feira (26), uma nota de pesar informando o falecimento do arquiteto e urbanista, Ronaldo Navarro Gondim, nesta quarta-feira (26), aos 67 anos, na cidade de Fortaleza (CE). 

O profissional atuou na projeção de várias obras importantes de Campo Grande, capital de Mato Grosso do Sul, porém, uma das mais famosas é a concha acústica Helena Meirelles, cujo projeto assinou em parceria com o Mario Sérgio Sobral Costa. O espaço cultural está localizado no Parque das Nações Indígenas, nos altos da Avenida Afonso Pena. 

Gondim concluiu a gradução em 1978, na Faculdade de Arquitetura e Urbanismo Braz Cubas, em São Paulo (SP), e trabalhou por vários anos com o arquiteto Rubens Gil de Camillo, de quem foi estagiário, colaborador e posteriormente sócio. 

Profissional de grande talento, pessoa de espírito alegre e enorme sociabilidade, contribuiu com a empresa em diversos projetos e obras importantes, tais como os edifícios Solar do Pantanal, Bahamas Apart Hotel, Edifício Leblon, Ciclosul, Fiems, entre outros, além de diversas residências.

*Com informações do CAU/Brasil

 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Rádio, impresso e tv são meios com maior credibilidade junto à população
PESQUISA

Rádio e impresso são meios com maior credibilidade

Justiça condena Sanesul a reparar danos ambientais em Três Lagoas
SOB PENA DE MULTA

Justiça condena Sanesul a reparar danos ambientais

Obras na Consul Assaf e Bandeirantes devem sair do papel com convênio de R$ 169 milhões
JUNTOS POR CAMPO GRANDE II

Obras na Consul Assaf e Bandeirantes estão em convênio de R$ 169 milhões

Clientes que não receberam materiais da Bigolin devem recorrer à justiça
FALIDA

Clientes que não receberam materiais da Bigolin devem recorrer à justiça

Mais Lidas