Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

ANÚNCIO FEDERAL

Mandetta anuncia investimentos<br> de R$ 166 milhões para MS

Benefícios vão de leitos para UTI a centros psicossociais
20/07/2019 12:00 - ALINE OLIVEIRA


 

Nesta segunda-feira (22), o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, tem agenda confirmada em Campo Grande, para anunciar e detalhar investimentos de R$ 166 milhões, os quais serão implementados na saúde pública de Campo Grande e mais 56 municípos do Estado. 

 Com a articulação do Governo do Estado junto ao Ministério da Saúde, serão habilitados em 13 cidades diversos serviços oferecidos à população por meio do SUS (Sistema Único de Saúde), como leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) e centros de atendimento psicossocial.

DISTRIBUIÇÃO DE VERBAS

Do montante total, R$ 13 milhões serão destinados à ampliação da Unidade de Atenção Especializada em Saúde  do Hospital Regional de Mato Grosso do Sul. 

O projeto contempla a ampliação de 30 novos leitos de internação clinica e cirúrgica, 10 leitos de UTI adulta e a ampliação do setor de Reabilitação, em especial para pacientes ortopédicos. Será reformada Farmácia, Almoxarifado, Central de Medicamentos e Área de Apoio Logístico e Técnico. Anexo ao hospital, um novo bloco será construído para alocar esses setores.

EMENDAS PARLAMENTARES

Só de emendas parlamentares serão liberados para Mato Grosso do Sul mais de R$ 48 milhões, sendo R$ 30 milhões de emendas individuais, entre elas três emendas propostas pelo atual secretário de Estado de Saúde, Geraldo Resende, enquanto ainda era deputado. 

Com as emendas de Resende, serão destinados R$ 735.250 mil para compra de equipamentos e custeio de unidades hospitalares de três municípios: Água Clara, Naviraí e Japorã. No total, mais de 50 municípios serão beneficiados com as emendas parlamentares.

“No dia da visita do ministro serão concretizados importantes investimentos na saúde do nosso Estado. Além da habilitação de muitos serviços, o que garante o custeio do Ministério da Saúde, serão pagas as emendas parlamentares, um incentivo de extrema importância para as cidades”, complementa o secretário de Saúde.

AGENDA MINISTERIAL

O primeiro compromisso de Luiz Henrique Mandetta está marcado para 8h, na segunda-feira (22), na implantação do programa Saúde na Hora na Unidade de Saúde da Família (USF) Iracy Coelho. Local: Unidade de Saúde da Família - USF Iracy Coelho - Rua Santa Quitéria, 1238, Bairro Iracy Coelho - Campo Grande/MS.

Na sequência, o ministro da Saúde segue para o Centro de Convenções Palácio Popular da Cultura, no Parque dos Poderes. Em cerimônia marcada para 10h, o representante do governo federal anunciará os recursos voltados para saúde no Estado. 

*Com informações da Ascom Secretaria de Saúde MS

 

Felpuda


Em uma das eleições em MS, candidato já oficializado na convenção corria o trecho para conquistar os eleitores. Mal sabia, porém, que time do seu partido e de aliados estava tramando sua derrubada para emplacar substituto que teria mais votos. Por muito pouco, o dito-cujo não foi guilhotinado, conseguindo salvar o pescoço. Agora tudo indica que o mesmo processo estaria em andamento e seria mais fácil, pois a “vítima” desta vez ainda é só pré-candidato. Dizem que a “turma da trairagem” tem know-now no assunto.