Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, sexta, 14 de dezembro de 2018

De 9 a 14 anos

Metade dos adolescentes de MS
precisam se vacinar contra o HPV

Vacina está disponível no SUS e protege contra vários tipos de câncer

14 MAR 2018Por GLAUCEA VACCARI17h:30

Metade das adolescentes de Mato Grosso do Sul precisam se vacinar contra o Papiloma Vírus Humano (HPV), segundo dados divulgados hoje pelo Ministério da Saúde. Devem se vacinar contra o HPV meninas de 9 a 14 anos e meninos de 11 a 14 anos.

De acordo com o Ministério da Saúde, desde a incorporação da vacina HPV no calendário nacional, a cobertura com as duas doses em Mato Grosso do Sul é de 51,1% entre meninas de 9 a 14 anos.

A cobertura apenas com a primeira dose é de 88,53% para meninas e 46,7% entre os meninos de 12 e 13 anos com a primeira dose. 

A vacina contra o HPV protege de diversos tipos de câncer. Além dos adolescentes até 14 anos, também devem se vavinar pessoas de 9 a 26 anos que vivem com o vírus HIV, transplantados e pacientes oncológicos. Meninas e meninos que chegaram aos 15 anos sem completar as duas doses também podem atualizar o esquema vacinal.

Coordenadora do Programa Nacional de Imunizações do Ministério da Saúde, Carla Domingues, lembra que as vacinas contra o HPV estão disponíveis nas unidades do Sistema Única de Saúde (SUS) gratuitamente desde 2014 e basta procurar uma unidade de saúde para se imunizar contra o vírus.

O Ministério da Saúde alerta que a cobertura vacinal só está completa com as duas doses. A segunda dose é aplicada seis meses após a primeira. Nas unidades de saúde, profissionais orientam o adolescente sobre o retorno.

 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também