Campo Grande - MS, sexta, 17 de agosto de 2018

Bens móveis e imóveis

Leilão do Estado terá lotes de terrenos
com lance entre R$ 15 mil a R$ 90 mil

Além de imóveis, carros e sucatas serão leiloados também

14 AGO 2017Por IZABELA JORNADA18h:19

O governo do Estado vai vender terrenos da Capital a partir de leilão com lances iniciais que variam de R$ 15 mil a R$ 90 mil. Além de imóveis, o certame vai leiloar sucatas e veículos que não estão sendo utilizados pela administração.

Na sexta-feira (18), o Portal Casa de Leilões abrirá para início dos lances. A etapa presencial vai acontecer nos dias 29 e 31 de agosto no auditório da Associação Brasileira de Odontologia (ABO), que fica Rua da Liberdade, 836, Monte Líbano.

O leilão terá 130 lotes, entre veículos, motos e ambulâncias, 10 lotes de sucatas e 13 lotes de terrenos. A publicação foi divulgada no Diário Oficial do Estado (DOE) de hoje (14).

Com lotes de terrenos em bairros como Nova Lima, Los Angeles, Jardim Anápolis, Jardim Macaúbas, Novo Horizonte, Jardim Noroeste, Jardim das Perdizes, Rita Vieira, Distrito de Anhanduí, Clube Campestre Ipê e Jardim Carioca, o leilão de bens imóveis será realizado por meio da empresa Casa de Leilões.

O certame será aberto no dia 29, às 9h, no escritório da empresa localizado na rua Antônio Maria Coelho, 1149 Centro. Os lances também poderão ser ofertados no formato online.

Também nos formatos presencial e eletrônico, o leilão de veículos e sucatas será realizado na modalidade presencial no auditório da Associação Brasileira de Odontologia (ABO).

Veículo como caminhonete modelo Amarok 2014 será leiloado com lance inicial de R$ 5 mil.

De acordo com o secretário da Secretaria de Estado de Administração e Desburocratização (SAD), Carlos Alberto Assis, a venda servirá para aumentar recursos. “Preparamos o leilão desses veículos que ficam parados nos pátios para reverter esses recursos para o caixa da administração. Ano passado conseguimos arrecadar mais de R$ 1,6 milhão só com leilão”, explicou.

Assis afirmou ainda que os valores serão destinados a áreas da saúde e segurança pública. A relação dos lotes está disponível na edição de hoje do Diário Oficial do Estado, a partir da página 20.

Leia Também