Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

SEU DIREITO

Lei obriga concessionárias a informar cobrança por perda e furto de energia

Energisa e Elektro podem também detalhar informações na internet
02/11/2019 17:44 - ADRIEL MATTOS


O governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja (PSDB), sancionou lei que obriga as concessionárias de energia elétrica a informar nas faturas valores cobrados sobre perda e furto de energia. O texto foi publicado na edição de sexta-feira (1º) do Diário Oficial Eletrônico (DOE).

A cada 12 meses, preferencialmente em dezembro, a concessionária deverá informar aos consumidores os resultados obtidos com as medidas tomadas ao longo do ano e a quantidade de ocorrências de furto de energia e violação de medidores.

Devem ser detalhadas a quantidade de ocorrências, onde se constatam casos de furto de energia e/ou violação de medidores; e valores, em percentuais, do que significou a regularização da cobrança. 

As informações descritas neste artigo poderão estar disponíveis apenas nas páginas da Energisa e da Elektro. A legislação passa a valer em quatro meses, contando a partir da data de publicação.

Segundo o autor da proposta, deputado Marçal Filho (PSDB), o objetivo é assegurar aos consumidores sul-mato-grossenses maior transparência nas faturas e, principalmente, garantir o ressarcimento aos consumidores que arcam com os custos referentes à compensação aplicada em razão do furto de energia e suas perdas, mesmo sem ter dado causa a tais ações.

Felpuda


Mensagens trocadas por aí mostram que deverá “virar moda” políticos anunciarem que testaram positivo para a Covid-19. E sem medo de dizer que isso é porque o presidente Jair Bolsonaro anunciou ter sido infectado, e aí essa tchurminha estaria interessada também em ganhar holofotes. Porém, ressaltam que, como não se pode duvidar de coisa séria, o jeito é desejar “restabelecimento”. E não deixam de lembrar que o risco é a população descobrir que não fazem a menor falta. Essa gente...