Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Assine a Newsletter

saúde

Justiça já concedeu direito ao uso
de Canabidiol a 4 crianças no Estado

Medicamento à base de componentes da maconha é usado em doenças raras

7 AGO 16 - 04h:00DA REDAÇÃO

Quatro crianças em Mato Grosso do Sul  que precisam usar medicamento a base de canabidiol (CBD) - um dos 200 componentes da planta Cannabis sativa (maconha), enfrentam verdadeira batalha judicial e meses de espera até conseguir o remédio.

Porém apenas três pacientes com 3, 7 e 8 anos que vivem em Campo Grande, Fátima do Sul e Ponta Porã fazem uso do composto. A família do quarto paciente,  de 10 anos, do município de Pedro Gomes, aguarda decisão para que a criança comece a fazer uso do CBD. 

O processo demora em média oito meses e mesmo após a sentença as famílias ainda precisam lidar com a burocracia para importação, além da demora para liberação de verbas para compra do remédio que deve ser feito pela Secretaria de Estado de Saúde (SES) e pelo município onde a criança reside.

O custo é alto, por isso em todos os casos as famílias procuraram a Justiça para garantir que o Estado e os municípios onde vivem forneçam o medicamento.

Doze seringas que podem durar em média um ano, custam aproximadamente R$ 12 mil - o preço é em dólar, cada um custa US$ 199 e a empresa cobra mais US$ 150 relativos aos trâmites de importação dos Estados Unidos e entrega na casa do paciente. 

*Leia reportagem, de Natalia Yahn, na edição de hoje do jornal Correio do Estado.

 

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Por conta própria, Arthur luta por melhorias em Dourados desde os 6 anos
MINI REPÓRTER

Por conta própria, Arthur luta por melhorias em Dourados desde os 6 anos

Após incêndio em transformador, parque ficará sem iluminação nesta segunda
CAPITAL

Após incêndio em transformador, parque ficará sem iluminação

Sem reforma, Horto Florestal tem "piscina de lodo" e preocupa frequentadores
PARQUE

Sem reforma, Horto Florestal tem "piscina de lodo" e cenário de abandono

Com três vítimas de MS, tragédia da boate Kiss completa sete anos
INCÊNDIO

Com três vítimas de MS, tragédia da boate Kiss completa sete anos

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião