NOVA ANDRADINA

Justiça Itinerante atende no interior neste final de semana

Atendimentos serão oferecidos no Estádio Luiz Soares Andrade
28/08/2015 07:31 - LAURA HOLSBACK


 

Justiça Itinerante de Mato Grosso do Sul oferecerá serviços gratuitos amanhã (29) e domingo (30), na cidade de Nova Andradina. A ação é integrada à Caravana da Saúde, em parceria com o Governo Estadual.

De acordo com informações da assessoria de imprensa do Tribunal de Justiça, entre os serviços mais procurados estão conversões de união estável em casamento, divórcio direto, cobrança, conversão de separação em divórcio, reconhecimento de paternidade, guarda, dissolução de união estável, entre outros.

A Justiça Itinerante tem competência para conciliar, processar e julgar causas cíveis de menor complexidade, cujo valor não exceda 40 salários mínimos, bem como as causas relativas a direito de família.

SERVIÇO:

Para ter acesso aos serviços são necessários documentos pessoais e pertinentes à causa para qual o interessado busca solução. No caso de conversão em união estável, as partes devem ser acompanhadas por duas testemunhas. Se solteiros, devem ter em mãos certidão de nascimento e identidade. Caso um dos dois tiver sido casado, deve apresentar a certidão de casamento com a averbação do divórcio.

No sábado e domingo os atendimentos serão das 8h às 17h, no Estádio Luiz Soares Andrade, conhecido como Andradão.  

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".