Quinta, 18 de Janeiro de 2018

Lama Asfáltica

Justiça aceita denúncia de MPF
contra Puccinelli e mais 12 investigados

Tribunal espera dez dias por defesa de citados

12 JAN 2018Por LUANA RODRIGUES E RAFAEL RIBEIRO19h:33

A 3ª Vara Federal de Justiça de Mato Grosso do Sul aceitou, nesta sexta-feira (12), denúncia feita pelo Ministério Público Federal contra o ex-governador André Puccinelli (PMDB) e outras 12 pessoas, entre secretários e envolvidos com sua gestão, entre 2007 e 2014.

De acordo com o texto do procurador Davi Marcucci Pracucho, os denunciados são acusados de crimes variados, como peculato, fraude em licitação e corrupção passiva.

O pedido é um desdobramento das investigações feitas pela Polícia Federal na Operação Lama Asfálstica há mais de três anos em vigor.

Segundo ainda o despacho da Justiça, todos os denunciados terão dez dias para apresentarem suas defesas pelas acusações. 

A operação foi deflagrada pela Polícia Federal, a Controladoria Geral da União (CGU) e a Receita Federal, no dia 9 de julho de 2015, neste período, pelo menos 15 pessoas foram para cadeia, mas acabaram liberadas em seguida. A polícia também apreendeu centenas de documentos. 

A investigação tem como objetivo desarticular organização criminosa que desviou recursos públicos por meio do direcionamento de licitações públicas, superfaturamento de obras públicas, aquisição fictícia ou ilícita de produtos, financiamento de atividades privadas sem relação com a atividade-fim de empresas estatais, concessão de créditos tributários com vistas ao recebimento de propina e corrupção de agentes públicos.

Os recursos desviados passaram por processos elaborados de ocultação da origem, resultando na configuração do delito de lavagem de dinheiro.

Segundo a investigação, os prejuízos causados pela organização criminosa ao erário, levando-se em consideração as fraudes e as propinas pagas a integrantes da organização criminosa, passam dos R$ 235 milhões. Recentemente, a a justiça bloqueou mais de R$ 160 milhões dos investigados.

Os denunciados na Justiça são:

André Puccinelli
Edson Giroto
Maria Wilma Casanova Rosa
Helio Yudi Komiyama
Edmir Fonseca Rodrigues
Luiz Candido Escobar
Fausto Carneiro da Costa Filho
Wilson Roberto Mariano de Oliveira
Marcos Tadeu Enciso Puga
Maria Regina Bertagnolli de Gonçalves
João Alberto Krampe Amorim dos Santos
Elza Cristina Araújo dos Santos
Rômulo Tadeu Menossi

Leia Também