Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Assine a Newsletter

MIRANDA

Jovem que violentou idosa sexualmente alega que estava sob efeito de droga

Um segundo suspeito havia sido preso, mas a polícia descartou participação e o liberou

23 AGO 15 - 09h:43LAURA HOLSBACK

Apontado como autor de roubo e estupro a idosa, de 63 anos, o jovem de 21 anos alegou ter agido sob efeito de entorpecente, segundo informações de investigadores. O crime ocorreu na madrugada de ontem (22), na casa da vítima, em Miranda - distante 203 quilômetros de Campo Grande.

De acordo com informações prestadas pelo delegado Mário Queiroz no dia em que o estupro seguido de roubo ocorreu, a suspeita é que o criminoso tenha agido contra a idosa por vingança, já que durante a semana havia sido denunciado por ela, à polícia. Segundo a idosa, o jovem havia furtado objetos de sua casa dias atrás.

O preso nega ter agido por este motivo e disse, em depoimento, que estava sob efeito de droga. Relatou que havia consumido pasta base de cocaína antes de surpreender a moradora. O rapaz não teve o nome divulgado para não expor a identificação da vítima, visto que são vizinhos.

Por conta da violência sexual, a idosa precisou ser encaminhada para unidade hospitalar, e segue em observação.

Além de cometer o estupro, o bandido fugiu levando R$ 40 e alimentos da casa da vítima. No decorrer das investigações, um adolescente chegou a ser levado para a delegacia como suspeito, mas a participação dele foi descartada.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

EDUCAÇÃO

Falha em notas do Enem ocorreu em duas etapas, afirma gráfica

FUGA EM MASSA

Justiça suspende fiança a suposto líder do PCC na fronteira com o Paraguai

Doadores reclamam da demora e espera é de quase três horas
DOAÇÃO DE SANGUE

Doadores reclamam da demora e espera é de quase três horas

Bolsonaro descarta recriação do Ministério da Segurança Pública
GABINETE

Bolsonaro descarta recriação do Ministério da Segurança Pública

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião