Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

METERAM O LOUCO

Jornalista é preso após tentar extorquir prefeito com falsas denúncias

Junto com comparsa, dizia que iria vazar podres para inimigos políticos
25/06/2019 11:27 - RAFAEL RIBEIRO


 

A Polícia Civil prendeu na última segunda-feira (24) um jornalista de 32 anos acusado de tentar extorquir o prefeito de Tacuru, Carlos Alberto Pelegrini (MDB).

Segundo a polícia, o acusado ao lado de um comparsa, de 24 anos, exigiram dinheiro soba a ameaça de tornarem públicas denúncias contra o político.

Segundo o delegado Reginaldo Salomão, da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos, responsável pelo caso, a dupla foi presa em um hotel de Campo Grande, com um celular que não continha nenhuma das denúncias que prometiam derrubar o prefeito..

O principal caso lembrado por eles envolvia um roubo do qual Pelegrinio alega ter sido roubado por travestis em Dourados, em dezembro de 2018. Na ocasião as acusadas chegaram a divulgar imagens sustentando que ele não queria pagar por um programa, o que foi desmentido.

Além disso, a dupla presa ameaçava vender material bombástico a inimigos políticos, que, segundo eles estariam financiando a prática criminosa com o fim de afastar o prefeito do pleito eleitoral no ano que vem.

A atividade jornalística era meio para ocultar a atividade criminosa.

Preso, o acusado confessou o crime e delatou comparsas. A investigação segue no sentido de apurar quem são os outros envolvidos na extorsão contra Pelegrini.

Felpuda


Alguns políticos estão se aproveitando deste momento preocupante de pandemia para sugerir projetos oportunistas que, em alguns casos, são de resultados extremamente duvidosos. O mais interessante – para não dizer outra coisa – é que se for analisado o desempenho normal dessas figuras, verifica-se que essa preocupação toda nunca esteve no topo das suas prioridades. Ano eleitoral é assim mesmo. Lamentável!