SÃO CONRADO

Instrutor usava ônibus de autoescola para o tráfico na Capital

Ele foi flagrado ao fazer entrega de maconha
14/06/2019 10:32 - GLAUCEA VACCARI


 

Instrutor de autoescola foi preso depois de ser flagrado fazendo entrega de maconha usando o ônibus das aulas da direção, no bairro São Conrado, em Campo Grande.

Segundo a Polícia Militar, equipe recebeu denúncia anônima que o homem entregaria grande quantidade de droga no bairro e foi até o local verificar a informação,

Na avenida Leão Zardo, policiais visualizaram o veículo de autoescola denunciado e abordaram o motorista, que demonstrou nervosismo. Em revista ao veículo, foi encontrada uma caixa e um saco plástico plástico em cima do banco que fica atrás do motorista, onde estavam 25 tabletes de maconha.

Indagado sobre a origem da droga, o instrutor disse que um homem teria ligado em seu celular e oferecido dinheiro para que ele buscasse a caixa com a maconha na rua Guaicurus e entregasse no São Conrado. Ele não informou qual o valor oferecido.

Com o suspeito foi encontrada a quantia de R$ 1.471,00 em dinheiro, que ele afirmou ser do seu pagamento como instrutor.

Diante da situação, ele recebeu voz de prisão pelo crime de tráfico de drogas e foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil.

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".