Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

UEMS

Inscrições de processo seletivo para professor de libras encerram dia 17

Vagas são para os campus de Amambai e Nova Andradina
12/06/2019 08:16 - BRUNA AQUINO


 

As inscrições para processo seletivo de professor de libras da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS) encerram na próxima segunda-feira (17) às 16h. As vagas são para os campus de Amambai e Nova Andradina. Os salários podem chegar a R$8,6 mil conforme a graduação e carga horária do participante.

De acordo com o edital do processo, o candidato precisa ter graduação em Letras/Libras; ou -Licenciatura em qualquer área do conhecimento com avaliação do Prolibras; ou -Graduação em qualquer área do conhecimento com pós-graduação em ensino de Libras. A prova será realizada por meio didático e títulos.

CONTRATAÇÃO
Se selecionado, o candidato poderá cumprir carga horária de trabalho de 20 a 40 horas  semanais. A remuneração depende da carga horária e varia entre R$1.191,63 à R$ 8.698,87.

Para ser contratado, o candidato precisa seguir requisitos exigidos pelo processo como ser brasileiro nato ou naturalizado, ser do sexo masculino, estar quite com as obrigações militares, ter boa saúde e estar capacitado física e mentalmente para o exercício das atribuições do cargo, nos termos da legislação pertinente, possuir a formação acadêmica , se estrangeiro, possuir passaporte atualizado com visto de permanência que permita o exercício de atividade laborativa no Brasil.

Toda documentação exigida na hora da contratação pode ser conferida através deste link

 

Felpuda


Vêm aumentando que só os disparos de segmentos diversos contra cabecinha coroada que, até então, acreditava voar em céu de brigadeiro. O novo coronavírus chegou, ganhou espaço, continua avançando e atualmente tem sido o melhor cabo eleitoral dos adversários. A continuar assim, sem ações mais eficazes, o estrago político poderá ser grande. Observadores mais atentos têm dito que o momento não é de viver o conto da “Bela Adormecida”. Só!