Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

CONFLITO POR TERRAS

Indígenas promovem onda de invasões e expulsam produtores

Famasul informa que chega a 95 o número de propriedades invadidas no Estado
26/08/2015 17:29 - GABRIEL MAYMONE


 

Indígenas promoveram, nesta terça e quarta-feira (26), mais uma onda de invasões a propriedades rurais em Mato Grosso do Sul. A Federação de Agricultura e Pecuária de MS (Famasul) afirma que, com as novas invasões, 95 fazendas estão invadidas no Estado.

As novas invasões ocorreram na região de Antonio João (MS). Os produtores foram expulsos e tiveram de ser resgatados por agentes do Departamento de Operações de Fronteira (DOF).

A invasão coloca em perigo a maior produtora de grãos e carne da região do Mato Grosso do Sul, onde estão concentrados os gados reconhecidos nacionalmente como campeões e o das raças Guzerá P.O alem da raça Nelore e outras raças que os pecuaristas estão implementando.

Os produtores reclamaram, mais uma vez, da inércia e falta de vontade do Governo Federal diante da situação. A última reunião agendada sobre o tema, em julho, na Capital Federal, não aconteceu, pois nem representantes indígenas nem ministro compareceram.

No distrito de Campestre, segundo a advogada Luana Ruiz, cerca de 40 famílias que moram no distrito estão sendo expulsas e precisam de apoio da Prefeitura para deixar o local.

O presidente da Famasul, Maurício Saito, enfatizou sobre o acirramento dos ânimos na região Sul do Estado. “O Governo Federal tem que cuidar dos cidadãos brasileiros, índios e não índios, e precisa interceder na situação de conflito que está aflorando”.

Felpuda


Paixão política que extrapola o bom senso, chega nas redes sociais e se transforma em baixaria pode resultar em prejuízo no bolso. Isso foi o que aconteceu com autor de texto nada elogioso contra colega por diferenças em apoio a candidatos nas eleições de 2016. O dito-cujo foi condenado a pagar indenização de R$ 7 mil, com correção monetária e juros mensais a partir da publicação da sentença, além dos honorários advocatícios. Detalhe: os adversários daquela época hoje andam de braços dados. Pode?