CAARAPÓ

Jovem é preso por cultivo <br> de 56 pés de maconha <br> no quintal de casa

Cacique foi quem denunciou a prática criminosa a Força Nacional
19/08/2015 10:05 - Danielle Valentim


Jefferson Vilhalva Maciel, 22 anos, foi preso nesta terça-feira (18), depois de cultivar no quintal de casa, 56 pés de maconha. A Força Nacional foi acionada pela Polícia Militar, depois de denúncia do próprio cacique da Aldeia Teykue, localizada em Caarapó, município a 273 quilômetros da Capital.

De acordo com a denúncia do cacique, no registro policial, Jefferson cultivava a erva para a comercialização. Juntamente com o líder indígena, os militares foram até a residência do autor e fizeram contato com sua esposa Cléia Vilhalva.

Questionada sobre o plantio, admitiu que Jeferson cultivava o entorpecente em seu quintal.  Durante vistorias, os militares encontraram a droga em diversos pontos do quintal. 

Jefferson foi preso em uma usina, próximo a aldeia e conduzido juntamente com os 56 pés de maconha para esta Delegacia de Polícia Civil de Caarapó.

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".