PREVENÇÃO

Idosos poderão vacinar contra <br>a gripe a partir de segunda-feira

Vacinação exclusiva de gestantes e crianças tem tido baixa procura
19/04/2019 10:00 - BRUNA AQUINO


 

Começa na segunda-feira (22), a segunda etapa da campanha de vacinação contra a gripe. Nesta fase, fazem parte do público-alvo os idosos que, assim como crianças, exigem maior atenção quando se trata da doença. Também estão incluídos no grupo trabalhadores da saúde, povos indígenas, professores de escolas públicas e privadas, pessoas com comorbidades e outras condições clínicas especiais, jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas, funcionários do sistema prisional e presos.  

A campanha de vacinação começou teve início no dia 10 de abril com doses disponibilizadas em 68 unidades básicas de saúde da Capital. 

BAIXA PROCURA

Com vacinação exclusiva de crianças e gestantes até domingo (21), e plantão em quatro unidades de saúde de Campo Grande, a busca pelas doses tem sido baixa. 

Ontem (18), o movimento de pacientes no Centro Regional de Saúde (CRS) do Aero Rancho foi de apenas alguns moradores da região. Lá e também nos CRS Tiradentes, Coophavila II e Nova Bahia as doses podem ser aplicadas durante todo o feriado e no fim de semana, sempre das 6h15 às 17h45. 

A equipe do Correio do Estado esteve no CRS do Doutor João Pereira da Rosa, no Bairro Aero Rancho, ontem de amanhã e verificou que a procura ainda está baixa. Sem filas extensas, os poucos pais que procuraram a vacinação para as crianças foram atendidos rapidamente.

A dona de casa, Pamela Suellen dos Santos, 24 anos, trouxe os três filhos, Nicolly de 5 anos, Pietro de 3 e João Miguel de apenas 8 meses para serem imunizados pelo segundo ano consecutivo. “Eu já aproveitei e trouxe eles, por causa da escola, é preciso evitar a doença, os três já ficaram gripados de uma vez, foi todo um transtorno, então é importante ficar atenta às vacinações”, disse.

A assistente social Aline Michele da Silva, 38 anos, está grávida de sete meses e foi até a unidade garantir a imunização. Ela aproveitou a oportunidade e trouxe a filha, Isabela de 2 anos. “É muito importante tomar a vacina, com a chegada do inverno a gente já fica vulnerável, ainda mais para mim porque estou grávida. A minha filha fica doente fácil também, então a vacina é prioridade para ela”, contou.

CASOS

Em Mato Grosso do Sul, foram registrados 45 novos casos de gripe desde que a campanha de vacinação começou. No último boletim epidemiológico da Secretaria Estadual de Saúde (SES), divulgado na terça-feira (16), há o registro de 251 casos notificados da doença no Estado. Apenas uma morte foi registrada até agora, de paciente que morreu no mês de janeiro, em Corumbá, diagnosticado com o vírus H3N2.

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".