Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

quinta, 21 de fevereiro de 2019 - 08h49min

CORUMBÁ

Homens são mortos em sítio e polícia suspeita de latrocinio

Casa estava com porta arrombada e bens faltando

7 DEZ 18 - 08h:27RAFAEL RIBEIRO

Cícero Manoel da Silva, 49 anos, e Francisco Bernardo da Silva, 47. Esses são os nomes dos homens encontrados mortos, na tarde de quinta-feira (6), em um sítio localizado próximo da BR-262, nas proximidades do assentamento Urucum, em Corumbá.

A Polícia Civil trabalha com a hipótese de latrocínio (morte em assalto).

Segundo o portal 'Corumbá Agora', as vítimas trabalhavam no local e foram encontradas mortas por um homem, colega de trabalho deles.

Conforme o relato da testemunha, ele teria ido embora, já que mora na área urbana de Corumbá. Descobriu os corpos no dia seguinte, por volta das 12h, quando chegou para o trabalho.

Além disso, a testemunha informou que ao chegar no local, percebeu também que a casa onde as vítimas estavam apresentava sinais de arrombamento. Ao entrar, deu a falta de alguns objetos, como um aparelho de televisão, rádio e motosserra.

Uma das vítimas foi encontrada amarrada em um tronco, possivelmente morto por asfixia. Já o outro homem, estava caído ao solo, com marcas de tiros. Ambos estavam do lado de fora da residência.

 

Um homem de 21 anos chegou a ser detido, suspeito do crime, mas foi liberado após prestar depoimento na delegacia da cidade.

 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Quinta de tempo nublado e pancadas de chuva em parte do MS
TEMPO

Quinta de tempo nublado
e pancadas de chuva em MS

Poder público atendeu 18%  da demanda por habitação
DEFICIT HABITACIONAL

Poder público atendeu 18%
da demanda por habitação

Em 1975, menores abandonados lotavam as ruas de Campo Grande
MEMÓRIA

Em 1975, menores abandonados lotavam as ruas de Campo Grande

Pescadores propõem redução gradativa da cota até metade da atual
AUDIÊNCIA PÚBLICA

Pescadores propõem redução gradativa da cota para pesca

Mais Lidas