Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

SANTA CASA

Homem sai do isolamento, mas ainda não há diagnóstico fechado sobre doença

Hospital diz que doença bacteriana foi descartada e que ele está sendo tratado para infecção
25/02/2020 16:02 - Daiany Albuquerque


O homem de 39 anos que está internado na Santa Casa de Campo Grande desde domingo (23) sem diagnóstico, foi retirado do isolamento. De acordo com o hospital, foi descartado a possibilidade de doenças bacterianas e ele está sendo tratado para infecção, porém, ainda não há diagnóstico fechado sobre o que tem causado a enfermidade.

Conforme o hospital, apesar de não ter indícios de que ele tenha Cov19, como é chamado o novo Coronavírus, por protocolo, foi feito o teste para a doença, mas o resultado definitivo ainda não saiu. Mas, como o paciente não apresenta sintomas e nem teria viajado para regiões onde há surto da doença recentemente, a Santa Casa trata o caso como não provável.

Entretanto, ainda não foi descoberto o que causou a infecção a qual estão tratando. O homem está no Centro de Terapia Intensiva (CTI) do hospital, sedado e entubado e seu estado é considerado estável.

Conforme informado pelo centro médico, o homem deu entrada no local no domingo (23), às 4h20, levado pelo Samu, com fortes dores de cabeça, vômito, hipertenso, perda de força do membro superior direito e tontura. O paciente fez exames para várias doenças infecciosas e por bactéria, e foi descartada, entre outras enfermidades, a possibilidade de dengue e H1N1.

Atualmente há apenas quatro casos suspeitos de Coronavírus no Brasil (três em São Paulo e um no Rio de Janeiro). Ao todo, já foram descartados 54 casos.

 

Felpuda


Malfeitos que teriam sido praticados em tempos não tão remotos podem ser a pedra no caminho de pré-candidatura que está sendo costurada. As conversas ainda estão nas “ondas da rádio-peão”, mas, com a proximidade da campanha eleitoral, há quem diga que isso se tornará uma tremenda dor de cabeça para quem vai enfrentar as urnas. Pior:  o dito não seria culpado direto, mas sim a sua...  Bem, deixa rolar para ver onde vai parar.